fbpx
JornalCana

SJC Bioenergia espera ter mais uma safra de recordes

Na última temporada, companhia processou 9,3 milhões de toneladas de cana

A SJC Bioenergia alcançou excelentes resultados no ciclo de produção 2020/2021, a Safra da Transformação. A empresa processou 9,3 milhões de toneladas de cana equivalente e produziu 570 mil m3 de etanol total, 685 mil MWh de energia, 350 mil toneladas de açúcar VHP e 185 mil toneladas de produtos para nutrição animal.

Somente na safra de cana, a empresa conquistou 47 recordes de produção e 11 de segurança, como o recorde histórico da Usina São Francisco (USF), que alcançou 96,64% de disponibilidade industrial e da Usina Rio Dourado (URD), que também teve recorde histórico de 98,9% de disponibilidade industrial durante a temporada.

LEIA MAIS > Veja como o Grupo Maringá combate incêndios no canavial

“Com uma equipe dedicada, a melhor tecnologia, gestão precisa de custos e investimentos corretos, soubemos superar os desafios que se apresentaram nessa safra e os transformamos em excelentes resultados”, comemora Abel Uchoa, diretor presidente da companhia.

“Para a safra 2021/2022, acredito em uma forte demanda de açúcar, petróleo recuperando consumo, câmbio elevado, preços e mix ao desejo do produtor. Todavia, para o clima, as previsões são de um período prolongado de seca, o que pode não favorecer uma recuperação da produção de cana no curto prazo”, conclui Uchoa.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram