fbpx
JornalCana

Sistemas que promovem ganhos em eficiência industrial na recepção, preparo e extração tem payback menor que uma safra

Margem média de ganhos é de 0,3% e em alguns casos até dois meses

Antes e depois da limpeza da esteira com o sistema Spraying Systems

A Spraying Systems® disponibiliza sistemas que aumentam a eficiência industrial com ganhos significativos nas áreas de recepção, preparo e extração. Éder Santos, consultor técnico, oferece mais detalhes.

“Podemos conseguir um ganho de até 0,3% em eficiência industrial com o sistema para limpeza do esteirão metálico, um ganho de até 0,3% com o sistema de embebição pressurizada de moenda e um ganho de até 0,2% em recuperação de ART com os chuveiros para limpeza de peneira rotativa, que com um CV menor que 6% e overlap de 30% garantem impacto e distribuição uniforme em toda a tela perfurada”.

De acordo com o consultor, esses investimentos têm payback menor que uma safra e em alguns casos em dois meses. Para ilustrar, Santos apresenta um caso bem-sucedido em uma usina goiana. Em uma visita técnica desenvolvi um laudo detalhado que mostra o aumento da eficiência industrial através dos sistemas de pulverização trabalhando como agentes de desinfecção, de limpeza e de embebição que deixam o processo no estado da arte. “Evidenciamos uma contribuição para aumentar a segurança e a eficiência em 0,8% aplicando as três soluções”.

Desafios no preparo podem ser superados com a limpeza do lado corrente e talisca do esteirão metálico

Operação com tubos furados vs Análise térmica do bagaço embebido

O esteirão metálico é um dos pontos em que há maior possibilidade de ganhos de eficiência. Primeiramente, combatendo a quantidade de açúcar que vem impregnada com a cana desfibrada que gera um ambiente extremamente abrasivo devido ao grande esforço/torque que encurta a vida útil dessas esteiras. Para resolver esse problema é preciso atacar dois pontos: a limpeza do lado corrente e a limpeza do lado talisca.

Em uma usina em Goiás, há um caso de mais de 48 horas de parada de moagem causado pelo desalinhamento do esteirão metálico devido ao excesso de sujidade mineral impregnada. “A água usada nesta limpeza, menos de 10 m³/hora, é incorporada na cana desfibrada. Além de promover uma limpeza primorosa da esteira, produzir energia com o vapor que era usado na limpeza, ainda melhora a extração devido a essa ‘embebição’ da cana desfibrada. Algumas usinas que usam nosso sistema mencionaram ganhos de extração também.

Chuveiro de embebição pressurizada soluciona problema na extração

Outro problema está nas calhas para distribuição da embebição para moendas. É um problema antigo, mas ainda muito presente nas usinas. A situação até evoluiu, porém para “tubos furados”. Com esses tubos, o visual da embebição até pode causar uma boa impressão, mas quando realizada uma análise térmica de um bagaço nas esteiras intermediárias, logo depois de receberem a embebição, pode-se ver diversas manchas azuis indicando falhas na embebição.

Como solução eficaz somente o Chuveiro de Embebição Pressurizada com limpeza automática de bicos Spraying Systems® se mostrou eficiente, pois consegue atravessar todo o colchão de bagaço e embebê-lo de forma completa e homogênea.

“As usinas que possuem o Chuveiro de Embebição Pressurizada Spraying Systems® contam com uma embebição homogênea e um ganho estimado na ordem de 0,3% em extração. Só na região de GO e MT temos 6 unidades em funcionamento. No Brasil e no mundo são dezenas de chuveiros dando bons resultados”, informa Santos.

Chuveiro de alto impacto com escovas autolimpantes soluciona deficiência em peneiras rotativas das moendas

Resultado da limpeza da Peneira Rotativa com Chuveiro Spraying Systems

Ao avaliar as peneiras rotativas da moenda, foi possível verificar outra deficiência, esta, na qualidade do sistema de limpeza das peneiras. Podemos observar grande quantidade de incrustação orgânica nas telas. Para Santos, é possível observar que há locais na peneira em que a filtrabilidade está totalmente comprometida.

Mas ele garante que há uma solução. “Podemos resolver isso de uma forma bem simples, dezenas de usinas já estão usando nosso chuveiro de alto impacto com escovas autolimpantes. Projetamos um sistema com um overlap precisamente calculado, para que toda a peneira seja atingida pelo forte impacto dos jatos. Dessa forma, toda a superfície recebe a mesma intensidade de impacto e a mesma quantidade de água, oferecendo resultados impressionantes.”

Esta matéria faz parte da edição de dezembro do JornalCana. Para ler, clique AQUI!

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram