fbpx

Sistema avançado de TI garante governança corporativa eficiente

img10224

Claudio Lot, da SAP

O setor sucroenergético foi pauta em apresentações realizadas na tarde de ontem, 13 de fevereiro, no SAP Fórum, em São Paulo, capital. Entre os palestrantes que destacaram o setor houve uma unanimidade: sistemas avançados de tecnologia da informação garantem que a governança corporativa seja eficiente e pode ser a solução que setor espera para crescer em produtividade.

Claudio Lot, representante de agronegócios da SAP Brasil, apresentou em sua palestra um estudo desenvolvido pela Fiesp com projeções do agronegócio brasileiro para os próximos 10 anos. O agronegócio canavieiro foi um dos destaques da pesquisa. “O setor passa por uma revolução. Ele precisa aprimorar sua eficiência, levando em conta todos os subprodutos que a cana oferece, além de suas novas possibilidades, como, por exemplo, a lignina de celulose, que é capaz de produzir um biocombustível mais eficiente”, afirma Lot.

Para o representante da SAP a aplicação de sistemas adequados de tecnologia da informação, que integrem todas as áreas da cadeia produtiva do setor sucroenergético pode garantir um salto de produtividade expressivo. A pesquisa realizada pela Fiesp e apresentada por Claudio Lot, apontou que um dos produtos que deve impulsionar o mercado doméstico brasileiro, nos próximos dez anos, é o etanol. No âmbito internacional a pesquisa destaca o açúcar como um dos produtos agrícolas que aumentarão suas exportações na próxima década.

Panorama sobre o setor

img10226

Josias Messias, presidente da ProCana Brasil

Outra palestra relevante apresentada no SAP Fórum, um dos mais importantes eventos mundiais sobre tecnologia da informação, foi proferida por Josias Messias, presidente da ProCana Brasil. Sua apresentação abordou o setor sucroenergético de forma panorâmica, possibilitando ao público compreender os potenciais, assim como os desafios que envolvem o segmento. “Para suprir o mercado doméstico e manter 50% de participação no mercado global, o setor precisa ampliar sua produção em 12,8 milhões de toneladas de açúcar e para isso esmagar cerca de 100 milhões de toneladas de cana-de-açúcar adicionais”, explicou Messias.

O presidente da ProCana Brasil alertou sobre a importância de uma governança corporativa competente para que o setor se desenvolva diante da falta de políticas públicas favoráveis ao setor. Messias afirma que o uso de sistemas de tecnologia da informação é fundamental para estabelecer nas unidades produtoras uma gestão avançada. “Só é possível ter uma governança corporativa eficiente, se os sistemas de gestão forem avançados. Portanto, a tecnologia da informação é indispensável para se alcançar o estágio necessário para alavancar o setor”, afirma Messias.

Integração na nuvem

img10225

Paulo Carletti, head business da SAP

Paulo Carletti, head of business da SAP para América Latina, acredita que através de sistemas de tecnologia da informação, que integrem todos os responsáveis pela cadeia de produção, “na nuvem” — “cloud”, em inglês — o setor sucroenergético pode crescer exponencialmente, sem depender tanto de soluções vindouras de políticas públicas. “Importantes setores da indústria nacional, como o sucroenergético, tem culturalmente a tendência de aguardar respostas para seu crescimento em políticas definidas pelo governo federal. Todavia, acredito que o setor deve investir em tecnologias que agreguem crescimento real para suas usinas”, explica Carletti.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X