fbpx

Sindalcool inicia campanha para estimular o consumo de etanol na Paraíba

“Etanol é só beleza. Abasteça com etanol” é o jingle da iniciativa

O Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool na Paraíba (Sindalcool) deu início à Campanha “Etanol é só beleza. Abasteça com etanol”, como estratégia para estimular o uso do produto e atenuar a crise no setor, responsável, dentre outras contribuições na economia paraibana, pela geração de mais de 21 mil postos de trabalhos. Na última quinta-feira (7), durante uma reunião virtual para divulgar a iniciativa, o sindicato ganhou o apoio da Federação dos Trabalhadores na Agricultura da Paraíba (Fetag) e os seus sindicatos afiliados na Região da Zona da Mata.

A reunião contou ainda com a participação de auditores fiscais do Ministério da Economia na Paraíba, Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Fetag/Senar), além de representantes das usinas associadas ao Sindalcool. Os auditores fiscais do Ministério da Economia na Paraíba e Fetag/Senar também vão apoiar a campanha.

Representantes das usinas demonstraram preocupação e ao mesmo tempo, confiança diante da crise, mas adiantaram o cuidado com a saúde dos trabalhadores, adotando medidas preventivas contra a COVID-19, embora não se possa deixar de valorizar o andamento da atividade produtiva do setor sucroenergético.

A safra 2019/2020 de cana-de-açúcar na Paraíba foi encerrada em abril deste ano, e por conta dos efeitos da pandemia no cenário econômico que culminou com a queda nas vendas de 70% do etanol nos postos de combustíveis, e consequentemente aumento no estoque do produto, ganhou preocupação das usinas afiliadas ao Sindalcool que hoje armazenam 36 milhões de litros do produto, e a partir de agosto, com o início da próxima safra, corre o risco de não ter espaço para guardar a nova produção.

Agora o setor se prepara para a temporada 2020/2021, com o plantio da cana-de-açúcar, além dos tratos culturais, mas de olho no presente, com a estocagem do produto sem saída, busca uma estratégia para vender o álcool e assegurar no futuro, a manutenção dos empregos numa atividade que, segundo levantamento do Sindalcool, injetou só em 2018, R$ 1,5 bilhões com salários, impostos e insumos. No cenário nacional é responsável por 6,5% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

O representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Mamanguape, José João, destacou a valorização da matéria-prima paraibana com o consumo do etanol, de grande importância para a geração de emprego e renda.

Barbosa, do Sindalcool

A Campanha “Etanol é só beleza. Abasteça com etanol”, retrata a importância do álcool como prevenção ao coronavírus, como também o estímulo ao consumo consciente do etanol. A estratégia será difundida inicialmente, por meio de um jingle, a ser veiculado nas redes sociais dos órgãos envolvidos na reunião, inclusive para download, que já está disponível no site oficial do Sindalcool, o www.sindalcool.com.br e ainda em parceria com as rádios paraibanas ao manifestarem adesão à campanha, que deverá ganhar outras plataformas de divulgação, como forma de diálogo com a população.

O presidente do Sindalcool, Edmundo Barbosa, falou da união de todos os atores envolvidos do setor sucroenergético para driblar a crise, e com isso, assegurar a sobrevivência da atividade. “Ao consumir etanol, as pessoas estão acima de tudo, investindo na sua qualidade de vida, ao optarem por um combustível que não polui e não gera malefícios à saúde”, lembrou.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X