fbpx

Sinais

 
Existe uma reação considerada por muitos como natural entre os empresários do setor sucroenergético brasileiro de enfrentarem crises com ferramentas e armas defensivas, a fim de chegar sem grandes machucaduras ao final da batalha.
Esta forma de reação e seus resultados pouco animadores comprovam que o resguardo se revela insuficiente no momento em que é necessário devolver a empresa ao caminho do crescimento.
Em situação onde as adversidades são maiores do que as empresas estão preparadas para suportar, quem consegue enxergar além das nuvens escuras do momento identifica dentro do cenário que lhe foi imposto a oportunidade de criação de um cenário próprio, que lhe será favorável no momento oportuno. Dali se pode obter uma agenda ativa e criativa, permeada de ideias que darão fruto no tempo certo.
Quando alguém tem uma visão clara e bem elaborada, fica mais fácil de se encontrar aceitação, aprovação e adesão ao que se deseja implementar. Como observou o jornalista especializado em economia Luís Nassif, em recente palestra, ninguém resiste ao poder de uma ideia quando chega o seu tempo. Isto significa que qualquer empreendimento de sucesso depende de visão, implementação e de tempo para execução, até que mostre resultados. 
Para se construir cenários favoráveis e personalizados a partir dos apresentados pelo mercado em crise será preciso saber identificar os sinais que o próprio oferece.
Os verdadeiros empreendedores conseguem estabelecer um plano de ação dentro deste cenário, independentemente da situação econômica difícil, de quem ou que partido está no governo ou de qualquer adversidade climática.
Esses empreendedores costumam se caracterizar por uma percepção correta do ambiente. Utilizam duas de suas melhores habilidades nesse momento, visão e disciplina tática. Possuem visão descontaminada, com abertura para enxergar mais longe e resiliência diante das adversidades. Assim, são capazes de focar na oportunidade e não apenas nas circunstâncias. Separam o que é fato da percepção do fato. Identificam-no e traçam um plano de ação para mitigar os riscos.
Um bom entendedor precisa de apenas meia palavra, reza o conhecido provérbio. Mas um bom empreendedor vai além: identifica os sinais do mercado e deles, cria novos cenários. 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

Comentários estão fechados.

X