fbpx

Shell, Ipiranga e BR podem perder inscrições estaduais por vender etanol adulterado

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) interditou tanques nas bases das distribuidoras Shell, Ipiranga e BR Distribuidora, no Rio de Janeiro, que forneceram etanol adulterado com metanol – substância altamente tóxica – a postos de combustível em todo o estado.

Foi determinada a imediata suspensão de fornecimento e a interdição dos tanques até o resultado da análise das coletas. O caso pode gerar ainda a cassação da inscrição estadual das distribuidoras por adquirir, distribuir, transportar, revender ou estocar etanol em desacordo com as especificações.

Segundo a ANP, será aberto um processo administrativo, sendo que os envolvidos na fraude estão sujeitos a multas de R$ 20 mil a R$ 5 milhões.

O alerta foi dado depois que o combustível adulterado foi encontrado à venda em postos da Ilha do Governador, que foram interditados. O Sindicom, entidade que representa as distribuidoras, não esclareceu o assunto.

Fonte: (Brasil 247)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X