fbpx
JornalCana

Setor terá curso técnico sobre etanol 2G em 21 de março

2012-05-29 Caldeira Bagaço Noturna Arte

Sabendo da necessidade de aprimoramento técnico na produção de etanol 2G, a ProCana Brasil e a Sinatub Tecnologia realizam, em 21 de março, na cidade de Ribeirão Preto, SP, o  “1º Curso Técnico de Produção de Etanol 2G”, tendo como objetivo expor as tecnologias para a produção de etanol celulósico, além de apresentar os casos de viabilidade no Brasil.

Quem explica melhor é Fernando Cullen Sampaio, coordenador do evento. “Trata-se de uma oportunidade de conhecer de perto o que tem sido trabalhado no exterior, onde já há uma planta comercial em operação. Vamos apresentar os reais processos de fabricação e o participante terá uma boa visão técnica do assunto”.

Outro fator que chama atenção é o custo de produção da tecnologia. Hoje, segundo Sampaio, é possível chegar a uma redução de aproximadamente 20% em relação ao etanol convencional. “O setor sucroenergético precisa mudar, se reinventar, e essa tecnologia faz parte deste processo. Faremos comparativos que atestam a eficiência do etanol 2G, até mesmo em relação ao custo/benefício. Definitivamente, é um assunto que todos precisam estar por dentro”, destaca.

Nomes como o do pesquisador Jaime Finguerut e José Américo Rubiano estão entre os palestrantes já confirmados. O evento é voltado para diretores, gerentes, supervisores, encarregados, engenheiros, projetistas, técnicos, e todos os profissionais envolvidos com projeto, gestão e produção agroindustrial das usinas e destilarias de todo o Brasil.

Mais informações através do email [email protected], telefone (16) 3911-1384 ou pelo site www.sinatub.com.br.

1º Curso Técnico de Produção de Etanol 2G

TEMAS PRINCIPAIS

  • Como agregar a biomassa: palha enfardada e palha vinda com a cana e separada na usina?
  • Qual o conceito e rotas tecnológicas para a produção do etanol celulósico?
  • Qual o papel das Enzimas e Leveduras no processo 2G?
  • Como funciona a tecnologia Proesa para a produção do etanol 2G e futuramente bioquímicos?
  • Quais aspectos devem ser observados na integração 1G>2G?
  • Como funcionam as primeiras plantas comerciais de etanol 2G da América Latina?
  • Quais são as opções de financiamentos e investimentos na produção de etanol 2G?

Serviço

Data: 21 de março

Local: Hotel Dan Inn, em Ribeirão Preto, SP

www.sinatub.com.br

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram