fbpx

Setor sucroenergético pretende investir R$ 1,2 bilhão em Goiás

Anúncio é de André Rocha, presidente do Sifaeg e do Sifaçúcar

O setor sucroenergético pretende investir R$ 1,2 bilhão em Goiás.

O anúncio foi feito por André Rocha, presidente do Sifaeg e do Sifaçúcar, entidades representativas do setor em Goiás.

Por sua vez, Rocha também preside o Fórum Nacional Sucroenergético.

De seu lado, o anúncio foi durante audiência do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, para representantes das usinas que produzem etanol, açúcar e bioeletricidade no estado.

“Informamos ao governador que o setor tem a intenção de investir em Goiás cerca de 1 bilhão e 200 milhões de reais”, disse Rocha.

“Mas isso está condicionado a um cenário onde exista segurança jurídica, agilidade na concessão de licenças ambientais e manutenção dos incentivos fiscais”, destacou.

“As usinas têm papel extremamente importante na promoção da qualidade de vida das pessoas que vivem no interior do estado”, disse, na audiência, o chefe do Executivo.

E destacou: ‘por isso mesmo, buscaremos de toda maneira ampliar a ação do governo”.

“Isso para diminuir a burocracia para que o setor possa investir ainda mais em Goiás.”

Oportunidade

Segundo Rocha a reunião foi uma oportunidade para detalhar a importância que o setor tem na geração de empregos e renda e na interiorização do desenvolvimento.

Além disso, foi possível citar os vários programas a ações que as usinas adotam nos municípios no que se refere à responsabilidade socioambiental.

Por fim, Rocha também destacou as inúmeras doações que são feitas pelas empresas para ajudar na melhoria do ensino nas escolas estaduais e municipais e na área de segurança pública.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X