fbpx
JornalCana

Setor sucroenergético é destaque nas exportações do agro paulista

Complexo sucroalcooleiro totalizou US$ 6,09 bilhões em exportações, sendo que o açúcar representou 87,5%, e o etanol, 12,5%

O setor sucroenergético teve a maior participação dentro das exportações do agronegócio paulista, de 34,1%, uma alta de 25,9% em valores e de 6,6% em volumes de vendas externas.

Os dados, referentes aos oito primeiros meses do ano, são do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo.

Esse avanço decorre da alta das exportações do açúcar (30,1% em valores e 6,3% em volume), além da valorização de 21,9% no preço médio da commodity no período. Já para o etanol, os embarques apresentaram elevações de 11,2% em volume e de 2,5% em valores.

O complexo sucroalcooleiro totalizou US$ 6,09 bilhões em exportações, sendo que o açúcar representou 87,5%, e o etanol, 12,5%.

LEIA MAIS > Delegação do AgroBrazil visita indústria de etanol de milho em Dourados

Além do complexo sucroalcooleiro, tiveram destaque no avanço dos valores exportados os sucos (alta de 16,4%) e florestais (1,0%). Já os destaques de queda ficaram com carnes (-25,8%), café (-10,0%) e soja (-3,6%).

Já em valores, o grupo da soja vem em seguida, com US$ 3 bilhões (a soja em grão respondendo por 84,5% de participação); seguido pelo setor de carnes (US$ 2,01 bilhões, em que a bovina respondeu por 80,9%); produtos florestais (US$ 1,78 bilhão, com 50,5% de celulose e 41,5% de papel) e o grupo de sucos (US$ 1,33 bilhão, dos quais 97,4% referentes ao de laranja).

Os cinco grupos representaram 79,6% das vendas externas no estado. Já o grupo de café, tradicional nas exportações, ficou na sexta posição, com vendas de US$ 631,47 milhões (68,1% referentes ao verde e 24,5% de solúvel).

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram