fbpx
JornalCana

“Setor precisa investir em comunicação para evitar falsas impressões”, diz Mônica Bergamaschi

Ontem 22 de março, durante um discurso no congresso “Cana, substantivo feminino” , em Ribeirão Preto (SP), a secretária de Agricultura de São Paulo, disse que o setor sucroenergético precisa investir em comunicação para evitar falsas impressões da sociedade e da classe política. “Recentemente fui à Assembléia Legislativa de São Paulo e comentei sobre a questão da cana. Mas lá fiquei impressionada pois os políticos comentaram sobre trabalho escravo no setor e também sobre exaustão. Sei que não é a realidade da cadeia sucroenergética mas eles ainda pensam isso. É preciso que o segmento invista fortemente em comunicação, inclusive, em qualquer lugar que esteja, até na fila do banco, pois precisamos quebrar essa falsa impressão”, disse.
Ela sugeriu ao presidente da Comissão de Atividades Econômicas da Assembléia Legislativa de SP, Itamar Borges, que convide o setor sucroenergético para comparecer à Assembléia, para que possa esclarecer sua situação atual . “Isso fará com que eles conheçam a realidade do setor e mudem essa visão. Sem esse trabalho de comunicação vamos rodar no mesmo eixo sempre e sem avançarmos”, lembróu.

Segundo ela, o setor precisa de parcerias e de trabalho em comunicação imediato pois a cana é a segunda cultura mais cultivada no Estado ocupando 5,7 milhões de ha, perdendo apenas da pastagem, com 8 milhões de ha. “Esse setor gera emprego e renda e nos proporciona uma matriz energética limpa e por isso precisa trabalhar essa comunicação de forma efetiva”, ressaltou.
img1098



 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram