fbpx

Segunda usina de cana entra na fase de consulta pública do RenovaBio

É a etapa final para a certificação

A Política Nacional de Biocombustíveis, conhecida por RenovaBio, tem a segunda usina de cana-de-açúcar em fase de consulta pública.

Essa fase atende requisitos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para a certificação do programa.

E é uma das últimas fases antes da conquista da certificação.

A certificação dará à unidade direito de lançar os Certificados de Biocombustíveis, os CBIOs.

Quem é a segunda usina em consulta pública?

É a Usina Iracema, da São Martinho S/A, localizada no município de Iracemápolis, no interior paulista.

A unidade está em fase de consulta pública desde 10/07 a até 12/08/2019.

 

Quer saber mais sobre a consulta pública da unidade?

Clique aqui.

 

Nessa fase, a Usina Iracema disponibiliza:

a) dados preenchidos pelo produtor ou importador de biocombustível na RenovaCalc e validados pela firma inspetora;

b) proposta de Certificado da Produção Eficiente de Biocombustível com indicação expressa da Nota de Eficiência Energético Ambiental

c) inclui também a fração do volume de biocombustível elegível, conforme modelo disponível no sítio eletrônico da ANP e

d) relatório parcial sobre o processo de certificação.

Leia também: Quem são as 4 primeiras empresas a buscar a certificação RenovaBio?

 

Qual é a primeira usina em fase de audiência pública?

A primeira unidade sucroenergética em fase de audiência pública para obter a certificação é a Vale do Paraná.

Por sua vez, controlada pelo grupo Pantaleon a unidade está localizada em Suzanápolis, também no interior paulista.

Finalmente, a audiência pública da Vale do Paraná vigora entre 05/07 a 06/08/2019.

Clique aqui para saber mais a respeito.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X