fbpx

Se faltar etanol, como fica o mercado de Cbios?

Especialistas traçam cenários sobre esta e outras perspectivas para o setor

Se faltar etanol, como fica o mercado de CBIOs?

As metas compulsórias para 2020 e anos subsequentes do RenovaBio já haviam sido revisadas pelo Conselho Nacional de Política Energética, e estabelecidas pelo Despacho ANP nº 797/2020, com a redução de 50% para o primeiro ano do programa, passando de 28,7 milhões de créditos de descarbonização (CBIOs) para 14,53 milhões. No entanto, em 2021 as metas voltam para um valor próximo ao volume pré estabelecido, chegando a 24,8 milhões. Com a meta real em 2021, como fica o mercado de Cbios?

DESTAQUE > As usinas terão cana-de-açúcar suficiente para a safra 2021/22?

Antes é preciso considerar que existem previsões de que pode faltar cana-de-açúcar, devido à seca ocorrida em 2020 e até por conta dos muitos casos de incêndios em canaviais. Além disso, há uma cenário que mostra a chave do mix produtivo voltada para o açúcar. Soma-se a esses fatores, prenúncios de que faltará etanol — com necessidade de se importar o biocombustível. Assim, a grande questão que envolve o mercado de CBIOs é saber quais serão os impactos para a safra 21/22.

SAIBA MAIS > Liminar que reduz metas do RenovaBio é suspensa
Ono, da SCA Etanol

Para Martinho Seiiti Ono, CEO da SCA Etanol, é importante turbinar a meta para os anos futuros. E que as usinas que ainda não são certificadas devem buscar se regularizar para gerar os créditos de descarbonização. “O setor tende a gerar mais créditos do que a meta estabelecida”, avalia. Ono que é um dos principais especialistas sobre esse tem outras considerações e os números dessa projeção para transmitir.

E se faltar etanol, como fica o mercado de CBIOs?

no Webinar SAFRA 21/22 – MERCADO BIOENERGÉTICO – Perspectivas de Produção, Precificação e de Capitalização. O painel terá as presenças de:

Martinho Seiiti Ono, CEO da SCA Etanol

Assista:

Patrocínio:

  • Axhiom Sistemas Inteligentes — mais inteligência nas suas máquinas e operações agrícolas.
    Chegou o CBI, o computador de bordo inteligente da Axhiom.
  • GDT by Pró-Usinas– Reduza os custos e o riscos na gestão de terceiros da sua usina! O software GDT de Gestão de Documentação de Terceiros, totalmente Saas, automatiza o fluxo de auditoria e validações, cabendo aos terceiros a tarefa de alimentar as informações e documentos no sistema.
  • S-PAA Soteica – Software de Otimização em Tempo Real presente em mais de 50 usinas, que maximiza a cogeração e a eficiência industrial, gerando ganhos superiores a R$ 1/tc. Saiba mais no site www.usina40.com.br

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

4 × 4 =

X