fbpx

Safra de cana 2005/06 deve cair 17% em Pernambuco

O setor sucroalcooleiro de Pernambuco chega ao final da safra com uma previsão de redução média da ordem de 17% em relação a safra passada. Ou seja, as 25 usinas do Estado chegam ao final da safra esmagando 13,8 milhões de toneladas de cana, contra 16,6 milhões de toneladas da safra 2004/2005.

“A safra 2005/2006 apresenta uma redução de três milhões de toneladas no esmagamento total do Estado”, explica Renato Cunha, presidente do Sindaçúcar.

Estudos e levantamentos do setor apontam para uma redução de faturamento em torno de R$ 300 milhões. Apesar desse quadro a usina Estreliana, uma das maiores da zona da mata pernambucana, já iniciou o plantio de cana-de-açúcar em seus dois mil hectares próprios de terra para a safra 2007/2008.

Com isso, a diretoria da empresa projeta que sua produção cresça mais de 50%, alcançando a marca de 800 mil toneladas de cana. O investimento no plantio foi de cerca de R$ 7 milhões.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X