Safra 16/17 deverá ter quebra de até 35 milhões de toneladas de cana

Foto: Unica/Divulgação

A moagem de cana-de-açúcar na safra 2016/17 na região Centro-Sul do país deverá encerrar com quebra de até 35 milhões de toneladas.

A quantidade de matéria-prima não processada foi apurada pelo JornalCana a partir de levantamento da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) em 27/04/2016, para quem a temporada 16/17 somaria até 630 milhões de toneladas de cana no Centro-Sul.

A quebra de 35 milhões de toneladas equivale à diferença entre a projeção de 630 milhões e o total de cana processado pelas unidades do Centro-Sul até 16/02/2017, que ficou, segundo a Unica, em 594,73 milhões de toneladas.

Em abril passado, a Unica realizou, além da projeção de moagem de 630 milhões, outra inferior, com previsão de 605 milhões de toneladas. Na comparação com essa, o total de cana processado até 16/02 resulta em uma quebra de 10 milhões de toneladas.

Clique aqui e confira as previsões da Unica em 27/04/16

Quando fez a projeção em abril, a Unica foi enfática: “o número de variáveis fora do controle e de difícil previsão dificultam uma maior assertividade sobre a produção”.

“A presença de um canavial envelhecido; a indefinição sobre as condições climáticas; o risco de florescimento em algumas importantes regiões produtoras; a dúvida sobre o comportamento da lavoura colhida na entressafra, que representou 9% da área colhida; e a possibilidade de ocorrência de geadas em áreas de produção são apenas alguns dos fatores exógenos que nos levaram a decidir pela divulgação de um intervalo para retratar as diferentes possibilidades de resultado para a safra”, disse, na oportunidade, o diretor Técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.

Fim da 16/17

O encerramento oficial da safra 16/17 depende do período do exercício social das unidades produtoras do Centro-Sul. A maioria delas termina o exercício social no fim de abril, enquanto outras o encerram no fim de março.

Sendo assim, unidades produtoras podem processar cana neste mês, e mesmo em abril próximo, quando o processamento será contabilizado para a safra 16/17.

Conforme a Unica, nos primeiros 15 dias de fevereiro, duas unidades que haviam concluído a safra no final de 2016 voltaram a processar cana-de-açúcar e a expectativa é o fim do mês outras 5 usinas iriam retornar.

Dessa forma, conforme a entidade, foram contabilizadas 12 usinas em atividade no Centro-Sul no período, sendo seis no Mato Grosso do Sul, três em São Paulo, uma em Goiás, uma em Minas Gerais e uma no Paraná.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X