fbpx

Representante do governo avalia crise do setor

20140324-152558.jpg

“O governo não é míope, somos capazes de ver os problemas. Se fosse fácil, já teríamos resolvido”. Foi dessa maneira que Ricardo Dornelles, diretor do Departamento de Combustíveis Renováveis do MME – Ministério das Minas e Energia, definiu os problemas que envolvem o mercado de combustível no Brasil.

O representante disse ainda que uma das maiores súplicas do segmento é algo que já vem sendo estudado pelo governo, mas que não pôde ser feito por envolver outras áreas da economia. “O retorno da Cide sobre a gasolina ainda não foi possível. Por isso, continuando trabalhando em busca de alternativas que tragam de volta a competitividade do etanol”.

Por fim, ele afirma que mesmo que a crise tenha se intensificado nos últimos anos, ações foram tomadas buscando amenizar o problema. “Veja, por exemplo, que o governo não tributa o etanol. Quais produtos possuem esse benefício no País? Poucos. Pode parecer que o governo não faz nada pelo álcool e isso não é verdade”, finalizou.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X