fbpx

Recém-certificada no RenovaBio, Cevasa inicia plano para ampliar redução do uso de diesel

Programa ampliará ciclo de vida do etanol feito na unidade

Certificada na Política Nacional de Biocombustíveis, o RenovaBio, a Central Energética Vale do Sapucaí Ltda. (Cevasa) já empreende plano de ação para reduzir o uso de diesel.

Ampliar a diminuição do combustível fóssil colabora com a melhora do chamado ciclo de vida do etanol.

Esse ciclo é peça do processo do RenovaBio e, quanto menos uso de fósseis, melhor para a nota de eficiência da unidade.

O processo de certificação será renovado nos próximos anos e, assim, reduzir o uso de fósseis amplia a nota de eficiência.

“A empresa vem modernizando os processos e a frota conta ainda com plano estratégico de continuidade da redução de diesel”, diz Luiz Paulo Sant’Anna, diretor geral da Cevasa.

A empresa controla unidade produtora em Patrocínio Paulista, no interior paulista.

Segundo Sant’Anna, o plano estratégico vale para entre 2020 a 2024.

 

Leia também:

Cevasa realiza benchmarking em Agricultura 4.0

Emissão de CBIOs

Com a certificação no RenovaBio, a Cevasa está liberada para entrar no sistema de emissão de créditos de descarbonização, os CBIOs.

Os trabalhos em todas as etapas da certificação foram conduzidos por um comitê multidisciplinar, que agora farão uma melhor gestão de consumo de insumos e combustíveis.

“Temos a expectativa de emitir o pré-CBIOs para sentir a reação do mercado, e aguardaremos as regras de comercialização”, diz o diretor geral.

Moagem da 20/21

A empresa inicia o ano 2020 avançando rumo ao crescimento, com uma meta de moagem 2,5 milhões de cana-de-açúcar.

“Essa conquista reforça ainda mais o engajamento de todo o time, para destacar a importância do pilar da sustentabilidade em todas as operações”, destaca.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

14 − dez =

X