fbpx

Receita do ICMS reduzido do álcool deve ser investida no social

O médico e ex-prefeito de Sertãozinho, Waldyr Alceu Trigo, que também é candidato à Câmara Federal pelo PSDB, defende o uso da receita a ser gerada com a redução do ICMS do álcool em programas sociais. “Os empresários do setor sucroalcooleiro já têm o fator social como filosofia e basta ao governo determinar que os recursos sejam revertidos em projetos de atendimento à população carente”, disse ele, em entrevista ao Canaweb, durante visita à Feira Internacional Sucroalcooleira (Fenasucro).

“Não podemos deixar que o setor, que já é competitivo internacionalmente, seja prejudicado pelo ônus social”, observa Trigo. Conforme ele, o governo paulista pode assumir a intermediação da aplicação dos recursos financeiros a serem economizados pela indústria do setor com a redução de 25% para 12% de incidência do ICMS.

Além do fator social, Trigo também defende que os recursos economizados pelos empresários sejam aplicados em programas voltados ao meio ambiente e, também, em projetos econômicos de modernização das fábricas de açúcar e de álcool.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X