fbpx

Raízen se manifesta sobre a operação policial “Margem Controlada”

A companhia Raízen Energia S.A. se manifesta em relação à operação da Polícia Civil do Paraná denominada “Margem Controlada”.

Em comunicado ao mercado, a Raízen Energia S.A. comunica ao mercado em geral que, no dia 31 de julho de 2018 a Polícia Civil do Estado do Paraná deflagrou a Operação “Margem Controlada”, para apurar a suspeita de envolvimento de uma das empresas do Grupo Raízen, a Raízen Combustíveis S.A. (“RCSA”) em práticas de controle do preço final do combustível vendido em postos de gasolina localizados naquele região.

Na mesma data, foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão temporária em face de três empregados da RCSA.

Conforme o comunicado, a Raízen Energia S.A. relata que “até o presente momento, à vista das informações existentes não se pode imputar à RCSA ou aos seus prepostos qualquer conduta irregular.”

“Não há denúncia em face de quaisquer empregados da RCSA, e tampouco foi expedida ordem judicial determinando o bloqueio de bens ou valores de suas contas”, relata a Raízen Energia S.A.

Pedido de denúncia

Confira o que mais relata a Raízen Energia S.A. em seu comunicado:

“Paralelamente, também em 31 de julho de 2018, foi formulado pedido de denúncia pelo Ministério Público do Distrito Federal, relacionada à chamada ‘Operação Dubai’. Esse procedimento envolve , entre outros, a RCSA e  um empregado por suspeita de prática de ilícito concorrencial. Neste procedimento, há um pedido de indisponibilidade de bens e valores da RCSA no montante de aproximadamente R$ 120.000.000,00, o qual ainda está em processamento. A RCSA está tomando as medidas necessárias para interpor os recursos adequados contra essa decisão.”

“Nesse contexto, a avaliação da Raízen, com base nas informações disponíveis até agora é de que as alegações mencionadas acima não encontram respaldo fático e jurídico, sendo certo que os preços praticados nos postos de combustíveis são definidos exclusivamente pelos revendedores, sem ingerência da RCSA.”

“Não há até o momento qualquer decisão definitiva ou  impacto relevante nos negócios da RCSA.”

“A RCSA observa os mais altos padrões de governança em suas políticas comerciais e atua permanentemente em total conformidade com a legislação vigente, e com absoluto respeito à livre concorrência, aos seus revendedores, clientes e consumidores”, descreve a Raízen Energia S.A.

“Por fim, a Raízen reitera que continuará apurando informações sobre os referidos eventos e manterá o mercado oportunamente informado, em conformidade com a regulamentação aplicável.”

Leia também: Começa a venda do último lote de ingressos do Curso de Diversificação e Máximo Aproveitamento Agroindustrial 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X