fbpx
JornalCana

Raízen protocolou pedido de IPO na CVM

Distribuição poderá ser a maior da história da B3

A Raízen protocolou nesta quinta-feira (3), pedido de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O registro foi solicitado no segmento de listagem no Nível 2 da B3. A oferta será de ações preferenciais, sem direito a voto, mas com preferência no pagamento de dividendos.

No início do mês, a companhia já havia divulgado a intenção de protocolar o IPO, informando que para isso, optou por descontinuar as suas projeções financeiras (guidance) visando alinhar sua política de divulgação de projeções com os procedimentos adotados por seus auditores independentes e demais consultores durante o processo para realização do IPO.

A companhia informou alteração da razão social passando a Raízen Combustíveis S.A. a ser denominada apenas Raízen S.A, que é controlada pela Raízen Energia. Todas as ações visam a preparação para a oferta. Conforme afirmam especialistas, a distribuição deverá ser a maior da história da B3, e deve movimentar entre R$ 10 bilhões e R$ 13 bilhões.

SAIBA MAIS >
Raízen deverá protocolar pedido de IPO nos próximos dias
Reorganização societária da Cosan é aprovada
Nova Cosan inicia participação na B3
Cosan aprova desdobramento de ações

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram