fbpx
JornalCana

Raízen lança Resumo Executivo do seu Relatório Anual de Sustentabilidade

No documento a empresa apresenta um resumo das ações adotadas na safra 2020/21

A Raízen lança documento em que apresenta um resumo do seu Relatório Anual de Sustentabilidade relativo a safra 2020/21. Nesta síntese a empresa faz uma compilação das principais ações adotadas, tendo a sustentabilidade como elemento central do seu modelo de negócios.

Segundo o relatório, o Grupo que emprega cerca de 30 mil funcionários no Brasil e Argentina, e processou na safra 2020/21 uma moagem de 61,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, foi a primeira organização do setor no mundo a deter uma certificação para os altos padrões socioambientais adotados no cultivo da cana, com diversos parques de bioenergia, detêm o selo Bonsucro, e a meta é estender o padrão a 100% dos ativos.

LEIA MAIS > Gasolina seguirá cara no Brasil apesar de austeridade nos EUA

O documento destaca que em outubro de 2020, a Raízen deu início as atividades de uma das maiores plantas de biogás do mundo. “A maior parte de torta de filtro e vinhaça estão sendo usadas para a geração de energia a partir do biogás”, aponta o relatório.

O Grupo também mantém posição estratégica no mercado de produção e comercialização de pellets de biomassa (bagaço e palha de cana-de-açúcar), fundamentais para substituição do carvão nas termoelétricas.

O Resumo também destaca a empresa como “a única do mundo que produz o E2G em escala comercial de forma contínua e ininterrupta”.

No quesito governança, o documento destaca a abertura de capital na B3, bolsa de valores do Brasil, em 5 de agosto de 2021, o que representou 5º maior IPO do mercado brasileiro, injetando R$ 6,9 bilhões para projetos de energia renovável.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram