fbpx

Quenianos têm interesse na tecnologia sucroenergética e na qualificação dos profissionais

Em recente visita a empresa Brumazi, em Sertãozinho (SP), um grupo de representantes do governo e do setor privado do Quênia, se mostrou muito interessado na tecnologia brasileira utilizada para a produção de etanol, açúcar e energia e também nas formas de comercialização dos subprodutos resultantes do processo. A informação é de Paulo Lança, responsável pelo Marketing da Brumazi. Segundo ele, além disso ficaram atentos à qualificação dos profissionais e como são realizadas as pesquisas tecnológicas do setor.

Lança explica que o grupo pretende, a longo prazo, levar a tecnologia brasileira para o Quênia. “Receber esta delegação em nossa empresa é a oportunidade que temos para mostrar nossa estrutura e comprovar que, com profissionais especializados, somos capazes de fornecer equipamentos e sistemas para o mercado nacional e internacional e, assim, contribuir com o desenvolvimento econômico de diversos países”, finaliza.

A delegação esteve ainda no Ceise BR – Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroalcooleiro, na Usina Viralcool e em outras empresas da região, no último dia 2.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X