fbpx

Queda nas vendas internas de etanol hidratado atingiu cerca de 20%

Retração é referente aos últimos três meses

O volume de etanol comercializado pelas unidades produtoras do Centro-Sul foi de 2,86 bilhões de litros em setembro. Desse total, 331,091 milhões de litros foram direcionados ao mercado externo e 2,53 bilhões de litros comercializados domesticamente.

No mercado interno, a comercialização de hidratado apresentou queda aquém dos valores registrados até o momento: 1,73 bilhão de litros foram vendidos pelas unidades no mês de setembro, retração de 13,35% na comparação com os valores observados no mesmo período do ano anterior.

“Nos últimos três meses, a queda nas vendas internas de etanol hidratado atingiu cerca de 20%. Portanto, a menor retração observada em setembro indica uma retomada do consumo do biocombustível”, disse o diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Antonio de Padua Rodrigues.

LEIA MAIS > Moagem de cana cresce 14,3% na segunda quinzena de setembro

As vendas mensais de anidro, por sua vez, foram 7,94% superiores ao mês de setembro de 2019, atingindo 797,72 milhões de litros comercializados pelas usinas. O aumento das saídas decorre, entre outros aspectos, do menor volume de etanol importado e da transferência de produto para a região Norte-Nordeste.

Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da UNICA

O álcool destinado às finalidades não carburantes mantém o ritmo aquecido de vendas, com aumento de 15,96% na segunda quinzena de setembro. No acumulado da safra, o valor permanece 38,51% superior ao ano anterior, com 691,12 milhões de litros comercializados.

As saídas de etanol para o mercado externo seguem trajetória ascendente em relação ao ano anterior, atingindo 331,09 milhões de litros em setembro – aumento de 65,85%. De abril até 1º de outubro, o volume destinado à exportação totalizou 1,43 bilhão de litros, crescimento de 32,30%.

“A demanda por etanol carburante já indica certa retomada. As vendas de álcool para fins sanitizantes e para o mercado externo superam os valores observados no último ano e têm compensado parcialmente as perdas ocorridas no mercado doméstico de combustíveis”, explica Rodrigues.

No acumulado desde o início da safra 2020/2021 até 1º de outubro, as vendas de etanol pelas unidades produtoras do Centro-Sul somam 14,60 bilhões de litros, com retração de 15,24% na comparação com mesmo período de 2019. Do total, 1,43 bilhão foram destinados ao mercado externo (queda de 32,30%) e 13,17 bilhões de litros para o mercado doméstico.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

14 − dez =

X