fbpx
JornalCana

Queda na produção de cana-de-açúcar pode chegar até a 30% na Paraíba

Baixa precipitação pluviométrica vem prejudicando os canaviais

Estimativa da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) aponta que esse decréscimo pode oscilar entre 25% a 30% o que dá uma estimativa de produção de cerca de cinco milhões de toneladas nesta safra.

O 2º levantamento da Safra 2021/22, divulgado na última quinta-feira (19) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), prevê uma estimativa de queda no volume de produção de cana-de-açúcar no Brasil em 9,5%. Mas, essa queda deve ser ainda mais acentuada na Paraíba devido à baixa precipitação de chuvas nos meses de junho e julho.

LEIA MAIS > Programa de colheita mecanizada gera ganhos de até 4 quilos de ATR 

Pedro Neto, diretor da Asplan, afirma que atual safra na Paraíba pode ter queda de 25% a 30%

O diretor da Asplan, Pedro Neto, lembra que a baixa precipitação pluviométrica nos meses que, tradicionalmente, são mais favoráveis, é a principal razão dessa queda na produção canavieira paraibana.

“Historicamente, nos meses de junho e julho chove até cerca de 600 milímetros e, este ano, na região que mais choveu no estado atingiu cerca de 200 milímetros”, disse o produtor.

Pedro Neto lembra que para agravar ainda mais a situação, apenas 30% dos produtores canavieiros locais dispõe de irrigação.

“Esse percentual de produtores com irrigação de salvação tem que aumentar para se prevenir, justamente, uma situação como essa e para que não tenhamos uma oscilação tão grande de safra por causa da escassez de chuvas”, reitera.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram