fbpx
JornalCana

Queda de avião mata acionista da Cosan

Família inteira e dois pilotos morreram no acidente

Avião caiu próximo ao Parque Tecnológico Foto: Divulgação/Prefeitura de Piracicaba

O empresário e acionista da Cosan, Celso Silveira Mello Filho, morreu nesta manhã, após o avião que estava cair em Piracicaba (SP) Além dele, a mulher, os três filhos e os dois tripulantes da aeronave também faleceram.

Com destino à capital paraense, o avião modelo King Air B250, ano 2019, prefixo PS – CSM caiu, em uma plantação de eucaliptos, cerca de 15 segundos após decolar do Aeroporto Municipal Pedro Morganti, em Piracicaba.

LEIA MAIS > BP Bunge Bioenergia mostra plano estratégico para aumentar disponibilidade industrial em 5 anos

Em nota, o grupo Cosan lamentou a morte do empresário.

Celso Silveira Mello Filho (Câmara Municipal Piracicaba)

“Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo”.

Natural de Piracicaba, Celso tinha 73 anos, era economista formado pela Faculdade de Ciências Econômicas, Contábeis e Administração de Empresas, atual Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba).

A Prefeitura de Piracicaba informou que montou uma força-tarefa reunindo várias secretarias municipais e Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), para ajudar no resgate e para conter as chamas que se alastraram pela vegetação, após a explosão do avião.

 

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram