JornalCana

Quantidade embarcada de açúcar refinado em novembro foi 48% maior do que no mesmo período do ano passado

Já para o etanol, as cotações foram 12% menores na comparação entre os meses de novembro de 2023 e 2022

A Consultoria Agro do ItaúBBA divulgou o relatório Radar Agro destacando as exportações das principais commodities produzidas no Brasil em novembro, mês que registrou movimentação de USD 13,3 bilhões, valor 0,7% maior em comparação ao mês anterior e 9,7% superior a nov/22.

Com isso, no acumulado do ano, o total foi de USD 151,8 bilhões, 2,8% maior em comparação com o mesmo período de 2022, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

O documento mostra que, no complexo soja, o volume exportado de grãos em novembro foi de 5,2 milhões de toneladas – aumento de 106% frente ao mesmo mês de 2022 e o maior valor já registrado historicamente para o mês de novembro. Porém, o óleo de soja registrou 126 mil toneladas em vendas externas, volume 38% menor contra nov/22, em linha com o aumento do consumo doméstico da indústria de biodiesel.

LEIA MAIS > Venda de etanol soma 21,04 bilhões de litros no acumulado da safra 2023/24

Já para o farelo, o total embarcado no último mês foi 24% maior em relação ao registrado em novembro do ano passado. Em relação aos preços, óleo e grão apresentaram decréscimo de 29% e 14%, respectivamente, e a cotação do farelo de soja também recuou em 7%, quando comparados às médias registradas no décimo primeiro mês de 2022.

No complexo sucroenergético, a quantidade embarcada de açúcar refinado em nov/23 contra nov/22 aumentou em 48% e, para o produto bruto, o aumento foi de 5%. Já o etanol registrou um volume 21% menor no mesmo comparativo.

Os preços médios em dólares foram maiores em 24% para o açúcar bruto e 18% para o açúcar refinado. Já para o etanol, as cotações foram 12% menores na comparação entre os meses de novembro de 2023 e 2022.

LEIA MAIS > Relatório de sustentabilidade da Diana confirma compromisso com a transparência

Quanto às vendas externas de milho, o volume exportado no último mês foi 26% maior frente ao embarcado em nov/22. Destaque para as 7,4 milhões de toneladas embarcadas do produto, o maior valor já registrado para o mês de novembro. Sobre os preços médios em dólares, o milho registrou decréscimo de 20% no mesmo comparativo. Em relação ao algodão, o total embarcado no décimo primeiro mês do ano foi 5% menor em comparação com nov/22 e os preços em dólares foram 2% menores.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram