fbpx

Protesto em estrada afeta produção

As manifestações que têm bloqueado rodovias do país nesta semana, comandadas pelo Movimento União Brasil Caminhoneiro, afetaram as operações de companhias de logística, que relatam dificuldades em entregar cargas e atender clientes nos prazos programados. A Fiat parou ontem parcialmente a produção de sua fábrica em Betim (MG) por falta de peças. Segundo a montadora, foi realizada uma parada técnica parcial em razão dos problemas no fornecimento. As manifestações também afetaram a fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo (SP), que, na segunda-feira, parou por cerca de duas horas. O motivo foi o atraso na chegada de funcionários em decorrência dos protestos. Também preocupa o fornecimento de combustível. O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis informou que a situação é mais crítica no Espírito Santo.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X