fbpx
JornalCana

Programa de voluntariado da Raízen beneficiou cerca de 150 mil pessoas no último ano-safra

Iniciativa reúne ações de impacto social e ambiental em localidades onde a companhia opera

O programa VOAR (Voluntários em Ação Raízen) impactou de forma positiva direta e indiretamente cerca de 150 mil pessoas e beneficiou mais de 100 instituições no ano-safra 2021/22.

Ao todo, foram aproximadamente 5 mil horas dedicadas a ações de impacto social e ambiental, em locais onde a Raízen tem atuação, com participação de mais de 2.700 voluntários e voluntárias.

O VOAR faz parte da estratégia de Performance Social da Raízen, na frente de Tecnologias Sociais, e tem como objetivo fortalecer a cultura de voluntariado, como forma de contribuir para o desenvolvimento social na cadeia de valor da companhia.

LEIA MAIS > Jalles Machado registra lucro recorde de R$ 387,9 milhões na safra 2021/22

“O programa proporciona experiências significativas para comunidades do entorno de nossas operações e para colaboradores, impulsionando toda uma rede de solidariedade”, explica Fernanda Ferraz, gerente de Performance Social da Raízen.

No último ano-safra, o programa ofereceu diversas abordagens de impacto social positivo, como a primeira edição do Desafio VOAR, competição solidária entre equipes que contou com mais de 760 voluntários e voluntárias, que beneficiaram 25 instituições sociais.

O período também foi marcado por ações de solidariedade, a exemplo da Campanha do Agasalho, que arrecadou cerca de 14 mil peças de roupas e cobertores. Voluntários e voluntárias do VOAR também arrecadaram mais de 4 toneladas de alimentos não perecíveis, doados para instituições filantrópicas. Além disso, a Campanha de Natal beneficiou cerca de 3 mil crianças que receberam presentes após terem suas cartinhas adotadas por colaboradores da Raízen, disponibilizadas em um sistema da companhia.

LEIA MAIS > GWM fabricará no Brasil elétricos e híbridos movido a etanol
Fernanda Ferraz

O VOAR oferece ainda um projeto de Mentoria Social, em que voluntários e voluntárias mentoram jovens atendidos pela Fundação Raízen, por meio do programa Ativa Juventude, voltado a estudantes de escolas públicas em fase de transição para o ensino médio.

O principal objetivo é ajudar esses adolescentes a serem protagonistas na elaboração de seus planos de futuro. Foram mais de 1.100 sessões de mentoria, beneficiando 440 jovens.

A temática da segurança, estratégica para a companhia, também foi trabalhada por voluntários e voluntárias do VOAR, que realizaram ações em escolas sobre conscientização e prevenção de incêndios, levando o tema para mais de 650 crianças.

LEIA MAIS > Comissão da Câmara aprova PEC que estimula competitividade de biocombustíveis

Na Semana Nacional de Trânsito, o programa organizou ações de montagem e doação de bicicletas para instituições nas cidades de Barra Bonita e Rafard, no interior de São Paulo.

Iniciativas de impacto ambiental positivo também fazem parte do VOAR. Ações de plantio de árvores mobilizaram aproximadamente 400 pessoas, que plantaram mais de 1.100 mudas nativas. No futuro, as árvores representarão a captura de 191,2 toneladas de CO2 equivalente.

“Nossa intenção é garantir uma atuação cada vez mais conectada com as megatendências e agendas globais, como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, a fim de contribuir para o futuro da energia renovável, e o VOAR é parte importante desse processo”, diz Fernanda.

LEIA MAIS >StoneX avalia que até 2030 consumo de etanol será superior ao de gasolina

“Além disso, as ações de voluntariado resultam em melhores indicadores internos de clima organizacional e impulsionam as trocas de aprendizagem, transformando e revelando competências individuais de colaboradores que participam do programa”, conclui a executiva.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram