fbpx
JornalCana

Programa Cana IAC levanta a produtividade de usinas responsáveis por 62% da produção brasileira de cana

As melhores empresas serão agraciadas com o Prêmio IAC de Produtividade com Modernidade, nesta quinta-feira (14)

A produtividade das usinas responsáveis por 62% da produção brasileira de cana-de-açúcar foi levantada pelo Programa Cana do Instituto Agronômico (IAC-APTA) em pesquisa inédita.

A partir de um questionário, o Programa Cana IAC levantou informações de 219 usinas, destilarias e grandes produtores, cenário que representa mais da metade das unidades produtoras de cana-de-açúcar no território nacional.

Os resultados foram apurados considerando a quantidade de açúcar produzida, por hectare, e a adoção de variedades modernas de cana.

A primeira colocada de cada região receberá o Prêmio IAC de Produtividade com Modernidade, nesta quinta-feira (14), das 8h30 às 12h30, em Ribeirão Preto – SP, no Centro de Cana IAC, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, quando também será definida a campeã nacional. A realização da pesquisa tem apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa (FUNDAG).

LEIA MAIS > MasterCana 2023 premia os melhores do setor bioenergético

Em sua primeira edição, o Prêmio tem o objetivo de identificar os produtores de cana que se destacam no setor sucroenergético pela produtividade e pela adoção de novas variedades de cana-de-açúcar desenvolvidas e liberadas pelo Programa Cana IAC e outros programas de melhoramento genético existentes no Brasil.

O Índice IAC de Produtividade com Modernidade (IIPM) é elaborado a partir de dois fatores: toneladas de açúcar por hectare dos cinco primeiros cortes e a idade média das variedades plantadas (número de anos após a liberação varietal). Para isso, as usinas que participaram da pesquisa enviaram suas planilhas de produção e produtividade da safra 2022/23 e do Censo Varietal desta mesma safra. As participantes devem ter produção superior a 350 milhões de toneladas de cana.

“A adoção do manejo e de variedades modernas seguramente geram retorno do investimento econômico e ambiental, garantindo a sustentabilidade para as empresas”, comenta o estatístico e consultor do programa Cana IAC, Rubens Braga Jr, responsável pelo levantamento.

LEIA MAIS > Moagem da cana chega a 406,64 milhões

A metodologia do estudo foi definida de modo a alcançar, no mínimo, dez respostas por região brasileira. As localidades levantadas foram: no estado de São Paulo, as regiões de Araçatuba, Assis, Jaú, Piracicaba, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto; estados do Norte e Nordeste exceto Alagoas, que foi considerada uma região específica no levantamento; estados de Goiás/Tocantins; Matos Grosso/Mato Grosso do Sul; Minas Gerais/Espírito Santo e estado do Paraná. Alguns estados foram agrupados em função do pequeno número de respostas.

SERVIÇO

Prêmio IAC de Produtividade com Modernidade

Data: quinta-feira, 14 de setembro de 2023.

Horário: 8h30 às 12h30

Local: Ribeirão Preto, no Centro de Cana IAC – Rodovia Prefeito Antônio Duarte Nogueira, km 321 – s/n.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram