fbpx

Produção de Etanol é tema de seminário

O etanol vai tomar conta do Rio nesta semana. Autoridades, empresários da indústria sucroalcooleira, produtores agrícolas e usineiros participam na terça-feira, dia 26, a partir das 9h, do Seminário Etanol — Do Norte Fluminense ao Mercado Global, que será realizado simultaneamente no Rio (auditório da Petrobras) e em Campos (auditório do Cefet).

O evento é patrocinado pela Petrobras, em parceria com o Grupo O DIA de Comunicação, e tem o apoio da Federação das Indústrias do Rio (Firjan) e do Cefet (Centro Federal de Educação Tecnológica). O debate será mediado pelo jornalista Luís Nassif e transmitido ao vivo pela TV O DIA Online (www.odia.com.br).

O seminário vai focalizar o Norte-Nordeste Fluminense, que se prepara para retomar a importância da produção de cana-de-açúcar com os novos projetos de etanol. Para o presidente regional da Firjan, Geraldo Coutinho, o evento deve consolidar medidas consistentes para desenvolver o setor: “A vocação para a agricultura é histórica. A região, apesar de ter a potencialidade, é carente de estrutura para avançar. Precisa de infra-estrutura e de uma revisão da estrutura fundiária, modernização e um novo mecanismo de fomento”, conclui.

De volta à vocação agrícola

O seminário será dividido em blocos temáticos, que vão discutir o ambiente de investimentos , a sustentabilidade econômica, a importância social e o contexto mundial da produção de etanol, bem na área de maior expansão da indústria petrolífera. Tudo isso sem perder o foco no estado — destaque pela estrutura secular no cultivo da cana-de-açúcar e qualidade de terras.

O estado lançou o Rio Agroenergia, que prevê um salto dos atuais 5 milhões de toneladas para 15 milhões em 2012, devendo garantir a auto-suficiente em hidratado. O setor emprega 25 mil pessoas e, em 5 anos, vai gerar renda para mais 25 mil. Para o presidente da Coagro (Cooperativa Agroindustrial que reúne 5.700 produtores), Frederico Paes, o seminário vai apontar caminhos da modernização e desenvolvimento da expansão agrícola e industrial, para que a região tenha condições de competir com outros estados. “Estamos crescendo. A produção de etanol será maior do que a de açúcar este ano, porque o produto está sendo valorizado. E pode crescer com qualidade”, defende. Interessados podem se cadastrar no endereço:

http://odia.terra.com.br/especial/comercial/seminario_etanol07/cadastro.asp

Etanol: do Brasil para o mundo

A indústria sucroalcooleira do Norte-Noroeste Fluminense se prepara para atender a grande demanda pelo Etanol. Com o objetivo fomentar o debate sobre o momento vivido pela região e os principais aspectos que podem contribuir para o aumento da produtividade e para o desenvolvimento regional, o Jornal

O DIA, com patrocínio da Petrobras, realizará o “Seminário Etanol, do Norte Fluminense ao mercado global”.

O evento, que acontecerá simultaneamente no Rio de Janeiro e em Campos, com transmissão ao vivo pela Internet, contará com a participação do colunista de O DIA, Luis Nassif, autoridades, empresários e lideranças do setor.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X