fbpx

Produção de cana cresce mais do que de grãos

O gerente do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do IBGE, Neuton Alves Rocha, observou que o prognóstico para a safra 2008, divulgado pelo IBGE, mostra um crescimento maior da produção de cana-de-açúcar do que de grãos. A previsão é que safra de cana chegue a 561,8 milhões de toneladas, volume 9,3% superior ao apurado na safra anterior. A safra de soja, por exemplo, deverá crescer 2,0% no período e a de milho 1ª safra, deverá aumentar 5,5%.

Rocha disse que a expansão da cana-de-açúcar – cuja área colhida será 8,3% maior do que a safra passada – reflete um aumento do consumo dos derivados desse produto e a mudança na matriz energética, com maior interesse pela energia limpa.

Segundo ele, os aumentos na área de cana estão ocorrendo especialmente onde estão sendo construídas novas usinas, como São Paulo e a Região Centro-Oeste do País e a maior parte ocorre em áreas degradadas, de pastagem. “Essa expansão é uma tendência especialmente com as novas plantas em São Paulo e no Centro-Oeste”, disse.

O coordenador de agropecuária do IBGE, Flávio Bolliger, explicou que a cana-de-açúcar tem mostrado crescimento em produção e área em locais tradicionais de cultivo, com São Paulo, mas também em novas regiões de plantio, como o Triângulo Mineiro. Segundo ele, a área de cana está avançando sobre áreas de pastagens, e não de outras culturas, porque a maior parte dos produtos da safra brasileira tem registrado preços que estão estimulando os agricultores. “O interesse por outras culturas também está bem forte, mas onde são implantadas novas usinas o panorama da agricultura muda, com mais cana”, disse.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X