fbpx

Produção de açúcar na Ásia deve cair e déficit mundial subirá

Projeções são do grupo INTL FCStone

Foto: Arquivo/JornalCana

Em síntese, o déficit mundial de açúcar deve alcançar 5,7 milhões de toneladas.

De quem é essa previsão?

Essa previsão é do grupo INTL FCStone, que presta serviços de execução e consultoria.

O déficit previsto reflete queda na produção?

Imediatamente: o déficit mundial de 5,7 milhões de toneladas é para a safra 2019/20, que vai de outubro próximo a setembro de 2020.

De quanto é estimada a quebra na produção de açúcar?

A quebra na produção de açúcar é estimada em 1,9% no ciclo 19/20 ante a anterior, para 182,2 milhões de toneladas.

E haverá aumento da demanda?

De acordo com a INTL FCStone, sim, haverá aumento de 1% na demanda, estimada em 187,9 milhões de toneladas.

Por que essa previsão ocorre?

Juntamente com os números, a menos disponibilidade em relação à demanda é, em grande parte, influenciada pela Ásia – especialmente por Índia e Tailândia.

“Mesmo se o Brasil elevar ainda mais sua produção de açúcar na colheita de 2020, os impactos sobre o saldo global devem ser limitados. Por outro lado, considerando a flexibilidade das usinas do Centro-Sul, há a possibilidade de que o cinturão canavieiro brasileiro contribua ainda mais com a ampliação do déficit”, explica o analista de mercado da INTL FCStone, Matheus Costa, em relatório.

Forte retração

De acordo com a INTL FCStone, após duas fartas safras, a fabricação de açúcar na Índia em 2019/20 pode apresentar forte retração na área plantada com cana-de-açúcar em Maharashtra e Karnataka.

Por que?

Segundo a consultoria, a forte retração reflete a menor disponibilidade hídrica.

Volume precipitado

Além disso, projeções de duas principais entidades meteorológicas do país apontam para redução absoluta no volume precipitado sobre os canaviais indianos durante as próximas monções.

Quando estão previstas as próximas monções (temporadas de chuvas)?

Elas deverão ocorrer entre junho e setembro.

Qual é a previsão de produção de açúcar pela Índia?

Assim, a INTL FCStone estima que a produção de açúcar na Índia deve alcançar 28,6 milhões de toneladas (valor branco) no próximo ciclo.

O volume representa redução de cerca de 13,1% em relação a 2018/19.

E se houver menos chuvas?

Caso as monções fiquem abaixo do esperado, entretanto, há risco de quebra ainda maior.

E a produção na Tailândia?

De mesmo modo, a  Tailândia também deve apresentar redução na próxima temporada, para 13,5 milhões de toneladas de açúcar em 2019/20 (-8,8% no comparativo anual).

Qual o motivo?

Imediatamente, isso deverá ocorrer em decorrência da troca de cana para culturas mais rentáveis, como o arroz e a mandioca.

É o principal motivo ou há outro?

De mesmo modo, há também a expectativa de que a temporada chuvosa possa trazer precipitações abaixo da média.

Como deve ficar a produção de açúcar no Brasil?

Em síntese, espera-se que o Centro-Sul do Brasil produza 29,0 milhões de toneladas (tel quel) na colheita de 2020, crescimento de 8,9% no comparativo safra-a-safra.

E nos Estados Unidos?

Assim, nos EUA a produção para o próximo ciclo internacional deve receber incremento de 3,5%, para 8,5 milhões de toneladas.

Qual o motivo do aumento?

Em conclusão, isso ocorre devido à expansão de 0,6% na área plantada com beterraba para a temporada 2019/20.

E na Europa?

Em suma, na Europa é  esperado que sejam produzidas 17,0 milhões de toneladas, retração de aproximadamente 0,6%.

Qual o motivo da retração?

Definitivamente, reflete a redução na área semeada com beterraba, em parte compensada por uma perspectiva de clima mais favorável à produtividade agrícola.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X