fbpx

Produção de açúcar aumentou 23,34% nos últimos quinze dias de junho

Melhor qualidade da matéria-prima tem favorecido a produção de açúcar

Com 47,42% da cana-de-açúcar destinada à produção de açúcar, ante 37,06% registrados na mesma data de 2019, a produção do adoçante aumentou 23,34% nos últimos quinze dias de junho deste ano e atingiu 2,73 milhões de toneladas, contra 2,21 milhões de toneladas verificadas em idêntica quinzena do ano anterior.

Já o volume fabricado de etanol alcançou 1,96 bilhão de litros na segunda quinzena de junho, sendo 596,30 milhões de litros de etanol anidro e 1,36 bilhão de litros de etanol hidratado.

Desse total, 88,63 milhões de litros foram fabricados a partir do milho.

LEIA > Cinco cases que comprovam a eficiência de uma usina 4.0

No acumulado desde o início da safra 2020/2021 até 1 de julho, a produção de açúcar alcançou 13,30 milhões de toneladas, contra 8,94 milhões de toneladas verificadas na mesma data do ciclo 2019/2020.

“Além das condições de mercado, a melhor qualidade da matéria-prima tem favorecido a produção de açúcar. Com aproximadamente 40% da safra realizada até o momento, se observou um aumento de 4,35 milhões de toneladas na produção de açúcar”, afirmou o diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues.

Segundo ele, desse montante, 657 mil toneladas de açúcar resultaram do aumento da moagem e o restante, 3,70 milhões de toneladas são fruto da alteração do mix de produção, que permitiu o crescimento de na produção de açúcar.

A fabricação acumulada de etanol, por sua vez, totalizou 10,00 bilhões de litros, sendo 2,82 bilhões de litros de etanol anidro e 7,18 bilhões de litros de etanol hidratado. Do total fabricado, 506,93 milhões de litros do biocombustível foram produzidos a partir do milho.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

20 + onze =

X