fbpx

Produção de açúcar aumentar 57,02% nos 15 primeiros dias de novembro

Já foram produzidos 37,66 milhões de toneladas do alimento

A maior moagem, melhor qualidade da cana-de-açúcar e o mix mais açucareiro contribuíram para a produção de açúcar aumentar 57,02% nos 15 primeiros dias de novembro, com 1,24 milhão de toneladas fabricadas neste ano. No agregado desde o início da safra, a produção de açúcar atingiu 37,66 milhões de toneladas, ante 26,07 milhões de toneladas em igual período de 2019.

Como reflexo, 46,49% da cana-de-açúcar foi destinada à produção de açúcar até o dia 16 de novembro, ante 34,80% registrados na mesma data de 2019. A despeito desse fato, na safra 2020/2021 a maior parte da cana-de-açúcar processada (53,51%) continua a ser direcionada para a fabricação de etanol.

O volume de etanol fabricado na quinzena, por sua vez, registrou queda de 9,58% com um total de 1,18 bilhão de litros no início de novembro. Desse total, o volume de etanol anidro aumentou 16,77%, atingindo 498,77 milhões de litros. A produção quinzenal de hidratado apresentou queda de 22,41%, totalizando 680,91 milhões de litros.

LEIA MAIS > Coruripe avança para otimizar energia da Unidade Iturama

“O aumento na produção de etanol anidro na quinzena retrata o esforço das empresas, que continuam priorizando a fabricação do produto para o suprimento dos próximos meses”, explicou o diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues.

No acumulado desde o início da safra até 16 de novembro, a produção de etanol alcançou 28,29 bilhões de litros, dos quais 19,25 bilhões de litros de etanol hidratado e 9,05 bilhões de litros de etanol anidro.

Em relação ao etanol de milho, foram fabricados 114,53 milhões de litros na primeira metade de novembro de 2020. No agregado desde o início da safra 2020/201 até 16 de novembro, a produção somou 1,52 bilhão de litros, com um aumento de 87,42% sobre o volume apurado para o mesmo período de 2019.

LEIA MAIS > 4 informações privilegiadas e urgentes sobre a próxima safra

“A produção de etanol de milho tem apresentado crescimento e deve ampliar a oferta do biocombustível nos próximos meses de entressafra da cana”, acrescentou o executivo da UNICA.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

20 − quinze =

X