fbpx

Principal produtor de açúcar da Zâmbia deixará de exportar para União Europeia

DSCN0828O principal produtor de açúcar da Zâmbia anunciou nesta semana que interromperá as exportações do produto para a União Europeia pelos próximos três anos, como medida para acompanhar as novas regras estabelecidas para o produto no mercado europeu.

A criação de cotas para o açúcar de beterraba oriundo de países integrantes do bloco, força a companhia, Zambia Sugar Plc, subsidiária da South Africa’s Illovo Sugar, a frear o comércio com este mercado.

“O maior desafio que enfrentaremos será encarar por três a cinco anos os impactos da reforma do mercado de açúcar na União Europeia. Com as novas regras, a maioria dos países africanos, incluindo a Zambia, não serão capazes de competir com o mercado europeu, devido aos elevados custos com logísticas para o bloco” comentou Fidelis Banda, encarrado pelo anúncio oficial nesta segunda-feira.

Fideliz afirma que o mercado da UE era o principal motivador para expansão da empresa, que pretendia aumentar sua produção para 400 mil toneladas, atualmente a Zambia Sugar Plc produz 250 mil toneladas.

A empresa que está situada no Sudeste da Zâmbia, em Mazabuka, distrito com tradição açucareira, exporta um terço de sua produção para o países da região, outro terço para União Europeia e o restante para o mercado doméstico

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X