fbpx

Preços do açúcar têm queda de 1,7%

São Paulo, Desvalorização interrompe 13 altas consecutivas da cotação na bolsa. As cotações internacionais do açúcar abriram a semana em baixa, na Bolsa de Nova York, após 13 altas consecutivas e valorização de quase 24%. O contrato com vencimento em maio recuou 1,73%, fechando cotado a 18,17 centavos de dólar por libra-peso.

O mesmo comportamento foi observado na Bolsa de Londres, onde a tonelada do açúcar passou a valer US$ 437,60, 1,97% a menos do que na última sexta-feira.

De acordo com analistas do mercado, a queda das cotações deveu-se exclusivamente a fatores técnicos. A elevação dos preços nas últimas duas semanas levou alguns fundos investidores, com posições compradas, a realizar lucros.

A desvalorização de ontem não indica uma reversão na tendência de alta. Aliás, muitos investidores continuam apostando que a commodity tem fôlego para, muito em breve, romper a linha de 20 centavos de dólar por libra-peso.

Café

As cotações internacionais do café iniciaram a semana em forte queda. Na Bolsa de Nova York, o contrato com vencimento em maio fechou cotado a 124,65 centavos de dólar por libra-peso – desvalorização de 1,81%. De acordo com o analista da consultoria Safras & Mercado, Gil Barabach, dois fatores impulsionaram a baixa de ontem – um relativo aumento de vendas dos países produtores, provocado pelos ganhos nas margens de lucro, e a rolagem de contratos pelos fundos que operam na bolsa.

Segundo o analista, o comportamento do mercado ontem não indica uma mudança de tendência nos próximos pregões. “O quadro fundamental, de queda nos estoques certificados de café em Nova York, não muda”, diz Barabach.

(Gazeta Mercantil/Finanças & Mercados – Pág. 10)(IT Mídia/Agronegócio)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X