fbpx

Preços do açúcar devem recuar no Brasil

Afirmação é de análise mensal da Conab

Foto: Arquivo

Os preços do açúcar tendem a recuar no Brasil, nos próximos meses, em razão do avanço da safra 2020/21 e da estimativa de ampliação da produção na temporada. Mas o aumento das exportações deverá amenizar essa queda dos preços, conforme a análise mensal, referente aos meses de abril/maio, sobre a produção de cana-de-açúcar no Brasil da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

 

O relatório, assinado pelo analista de mercado, Fábio Silva, mostra que a redução sazonal dos preços deverá ser fortalecida pela alteração do mix a favor do açúcar e pela retração da demanda no contexto da pandemia. Já em Nova York, apesar da recente alta dos preços, após o pico negativo em março, a combinação entre a queda dos preços do petróleo, a pandemia e a alta do dólar deverão manter as cotações enfraquecidas.

 

Sobre o etanol, a análise aponta que a expectativa é de que os preços permaneçam enfraquecidos pela retração do consumo durante a quarentena, avanço da colheita na safra 2020/21 e baixos patamares das cotações do petróleo.Também afirma que, contrastando com a temporada anterior, em que foi registrado recorde na produção, a safra 2020/21 se inicia com uma perspectiva de forte recuo no consumo e com a estimativa de queda de 10,3% na produção. Há ainda perspectiva de queda das importações e exportações de etanol para a safra 2020/21, influenciada pela redução do consumo e da produção nesta temporada.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X