fbpx

Preço do álcool não pára de subir e alarma o governo

O preço do álcool hidratado acelerou de novo e subiu 1% na semana passada, em sua quarta alta consecutiva, apesar do acordo entre governo e usineiros para deter o encarecimento do produto. Segundo a pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o litro desse tipo de álcool estava custando, em média, R$ 1,765 na última semana. O aumento desde junho já chega a 41%. No caso do álcool anidro, que é misturado à gasolina, a cotação média na semana passada era de R$ 1,0727, de acordo com o Centro de Pesquisa Econômica Aplicada da USP – pelo acordo com o governo, máximo seria de R$ 1,05. Irritada com a elevação dos preços, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, chamou integrantes do setor sucroalcooleiro para uma conversa no Palácio do Planalto, ontem. Os representantes dos usineiros saíram sem dar declarações; da parte do governo, o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse que foi cobrado respeito ao acordo.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X