fbpx
JornalCana

Potencial transação entre Raízen e Biosev é enviada ao CADE

Intenção é agilizar aprovação das negociações entre as companhias

Em comunicado enviado ao mercado nesta noite de quinta-feira (28), a Raízen confirmou que permanece em negociações com a Biosev, subsidiária local de açúcar da Louis Dreyfus Holding, para a assinatura de contratos vinculantes relacionados à transação estratégica divulgada pela companhia por meio do fato relevante de 9 de setembro de 2020.

“Apesar de referidos contratos não terem sido ainda assinados, a Raízen e a Biosev optaram por desde já submeter a potencial transação ao Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência  (CADE)”, afirma a nota. A intenção é agilizar a análise do órgão.

Embora uma série de complexidades e pontos críticos existam, a submissão ao CADE confirma que a negociação entre as empresas segue avançada. Caso se concretizem, os acordos envolvem reestruturação de dívidas e troca de ações, entre outras transações.

Em comunicado enviado à B3, no dia 21 de janeiro, a Biosev já informava a que a tratativa entre as empresas foi pauta na reunião do Conselho de Administração, realizada no dia 15 de janeiro, e que o andamento das negociações dependeria da evolução das discussões em curso com a Raízen. Também informava que a mesma seria levada à submissão do CADE.

De acordo com a Raízen, os seus acionistas e o mercado serão informados sobre qualquer fato relevante referente à compra da Biosev.

SAIBA MAIS > Raízen confirma negociações para compra da Biosev

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram