fbpx

Potencial para geração de energia

O professor do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Guilherme de Azevedo Dantas, disse durante o seminário que as indústrias sucroalcooleiras, sobretudo as instaladas recentemente, têm grande potencial para gerar bioeletricidade. Mas, ele lamenta a falta de uma política sustentada de contratação de fornecimento de energia de longo prazo para estimular a geração das indústrias.

Apesar do potencial, anualmente, as usinas de açúcar e etanol são responsáveis por menos de 5% da produção de energia no Brasil.

O seminário reuniu pesquisadores, empresários e representantes de entidades de classe. O evento foi aberto pelo deputado Helder Valin, presidente da Assembleia Legislativa, e prestigiado pelo secretário do Planejamento, Oton Nascimento Júnior e pelo vice-presidente da Federação das Indústrias, Pedro Alves de Oliveira.

O presidente do Sifaeg, André Rocha, destacou a importância do setor sucroenergético para a economia brasileira. Lembrou que o seminário faz parte do Projeto Agora – Agroenergia e Meio Ambiente -, iniciativa de comunicação institucional da cadeia produtiva, cujo objetivo é transmitir à sociedade os benefícios das energias renováveis.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X