fbpx
JornalCana

Planetário Revolution: inteligente no design, robusto na tecnologia

O redutor mais compacto e com a maior densidade de torque do Mercado

Planetário Revolution em Bua Sugar – África (4 unidades)

A Zanini Renk reuniu os engenheiros mais renomados domercado, tecnologia de ponta, a melhor matéria prima e processos consagrados para a fabricação do melhor redutor planetário do mundo.

A nova linha de redutores planetários Revolution da Zanini Renk foi desenvolvida com melhorias das versões anteriores e com implementação de conceitos atualizados no dimensionamento e detalhamento de elementos de máquinas. Um pilar importante no desenvolvimento foi a realização das análises com foco específico à aplicação sucroalcooleira, visto as particularidades que está possui com relação às solicitações no acionamento.

LEIA MAIS > Produção de açúcar no Centro-Sul do Brasil na primeira quinzena de outubro deve cair 48% no ano

Uma primeira análise foi realizada para identificar os principais modos de falhas de componentes de redutores planetários. Desenvolveu-se com o auxílio de simulações computacionais, as soluções necessárias para contenção da recorrência dos modos de falhas observados em planetários. O foco tornou−se em identificar a influência das deformações do equipamento em operação nos contatos de engrenamento e rolamento. O conhecimento das deformações do equipamento durante operação é essencial para assegurar a performance dos componentes internos do redutor, garantindo se distribuição adequada das tensões.

Aplicadas as devidas melhorias e conhecendo−se o comportamento das tensões no redutor, contou−se com um software de otimização paramétrico para seleção dos rolamentos, geometrias e dados de engrenamento.

O algoritmo do otimizador trabalhou com a interação dos principais cálculos de elementos de máquina do redutor, buscando o melhor equilíbrio na seleção dos componentes.

O primeiro protótipo do redutor planetário Revolution entrou em operação em 2018. A operação foi acompanhada de perto pela Zanini Renk por 2 safras com visitas e monitoramento online das variáveis de vibração, temperaturas, torque, rotação e do sistema de óleo. O equipamento foi peritado na Zanini Renk com completa desmontagem em duas entressafras para análise das distribuições de cargas em engrenamentos e rolamentos.

Após os 2 primeiros anos de operação do protótipo, reuniu−se um time na Zanini Renk para análise dos dados coletados.

LEIA MAIS > Consumo de combustíveis cresce 6,6% no acumulado de 2021

Três frentes

Análise dos dados de monitoramento;

Inspeção das peças para análise das distribuições de cargas;

Validação das evidências através de novas simulações computacionais.

Os dados coletados foram analisados em parceria com especialistas de vibração do Brasil. O histórico das variáveis do sistema de monitoramento online foi utilizado como dados de entrada em novas simulações computacionais para análise dos fatores de serviço reais e correções de engrenamento ao longo da operação.

As novas simulações computacionais se iniciaram com uma busca no mercado, objetivando identificar qual software e empresa atenderia os requisitos desejados. Fabricantes de rolamentos e especialistas de engrenamentos da Europa participaram por fim da análise. O software utilizado conta com uma plataforma híbrida na modelagem do redutor, isto é, um único modelo computacional é capaz de interagir cálculo de rolamentos, engrenamento com influência das deformações de carcaças e porta planetas, por exemplo.

LEIA MAIS > Etanol e o futuro da mobilidade
José Raimundo

Por fim, os resultados das três frentes de trabalho foram analisados em conjunto para validação e conclusão final. O estudo de acompanhamento do protótipo com sequência na análise dos dados coletados serviu para validar o projeto e trazer para a Zanini Renk novas ferramentas de modelagem que surgem com rapidez no mercado. As soluções aplicadas e validadas tornam−se disponíveis a outros modelos de caixas de transmissão da empresa com fundamento assegurado pelo estudo realizado.

Sr. José Raimundo – Assessor e consultor Industrial na Usina Barralcool

A Usina Barralcool, se destaca pelo pioneirismo de seus processos de produção, a usina tem investido na ampliação de sua capacidade de moagem, modernizando equipamentos e adotando tecnologias de ponta. Na safra 2020, adquirimos um redutor planetário Revolution 528 F3, da Zanini Renk, o equipamento performou tão bem que adquirimos mais um planetário Revolution 540 F3 que deverá acionar a moenda 45” x 78”, instalada no primeiro terno da usina. O Revolution será acionado por turbina a vapor e torque de 4.000kN.m.

Há algumas décadas, trabalhamos em parceria com a Zanini Renk e estamos muito satisfeitos com a confiabilidade, qualidade e transparência dos produtos e serviços fornecidos pela empresa. Nosso tandem é acionado por redutores planetários Zanini Renk.

O plano de investimento da Barralcool é projetado para o futuro e, atualmente estamos ampliando nosso portfólio de produtos, analisando produtos como o biometano e derivados.

Pensar à frente é fazer da inovação um desafio

Investimento em máquina para assegurar qualidade e precisão extremas na fabricação dos porta planetas

A Zanini Renk é dotada dos melhores e mais modernos equipamentos, com instalações especialmente projetadas para proporcionar a máxima eficiência em todos os setores da produção. Estamos em constante busca do aperfeiçoamento tecnológico para produzir equipamentos com mais alto controle de qualidade e precisão. Por isso, somos pioneiros na Indústria 4.0 e a única empresa do Brasil a utilizar o software de gestão de produção da Siemens, MÊS em conjunto com o APS.

Este novo ambiente de produção promete redimensionar a capacidade produtiva da empresa, traduzindo a gestão de recursos em maior assertividade e agilidade nas entregas para o cliente.

Além de garantir um melhor acompanhamento da manufatura, com base em inovações tecnológicas, redução de custos e integração digital das cadeias de valor – desde o início da produção até a entrega para o cliente, além de maior acuracidade em seus processos, a Zanini Renk investiu pesado em tecnologias voltadas a Indústria 4.0.

Este é apenas um primeiro passo rumo a excelência da Indústria 4.0, muitos outros ainda tem de ser dados e a Zanini Renk sempre trabalhará arduamente em busca desta excelência.

Sr. Edmundo Jordão – Diretor Industrial na Usina Santa Maria

De acordo com Sr. Edmundo Jordão, diretor industrial da Usina Santa Maria, a usina tem investido na modernização da indústria, visando o aumento de capacidade de moagem, foram realizadas modificações nas quatro moendas para aumentar a triangulação. A usina também investiu na aquisição de decantadores, filtro prensa, Caixa de evaporação, caleadeira, colunas de destilação e na caldeira.

Além das modificações nas moendas investimos em um redutor planetário REVOLUTON, marca Zanini Renk, por entendermos que a empresa é reconhecida e consolidada no mercado, além da alta qualidade e confiabilidade de seus produtos. Pretendemos adquirir mais um terno de moenda 66”, para ampliarmos nossa produção e eletrificar todos os ternos da moenda.

LEIA MAIS > Profissionalização da gestão exige confiança e transparência
Edmundo Jordão

Outro investimento importante que a Usina Santa Maria está realizando é na Cogeração, investimos em uma nova termoelétrica com mais uma caldeira de 210 ton/hora de vapor, somada a caldeira atual de 120 ton/hora de vapor.

No futuro vamos adquirir geradores para injetar energia elétrica na concessionária, sendo um de 25 MWh de contrapressão com uma turbina e turborredutor Zanini Renk já negociados, um gerador de 35 MWh de condensação com extração e na instalação de mais um gerador já existente de 12 MWh, totalizando 72 MWh.

Sistemas inteligentes para monitoramento onlineO Checkmax® da Zanini Renk, foi especialmente desenvolvido por engenheiros com profundo conhecimento das variáveis necessárias de monitoramento em redutores de velocidade.

O Serviço de Monitoramento Online é desenvolvido para apoiar no aumento da disponibilidade operacional do ativo, por meio de coleta e análise de variáveis online – temperatura, vibração de rolamento/mancal, deslocamento axial de eixo, torque, rotação, pressão, vazão, sujidade, temperatura e condição do óleo –, permitindo identificar o início de falhas em rolamentos, mancais, engrenamentos, além de monitorar e condição de óleo, variável imprescindível para o aumento da vida útil do equipamento. O monitoramento online oferece ao cliente dados para atuar na melhor gestão da manutenção e decisão de uma parada programada.

Nosso sistema de monitoramento é composto por inteligência artificial assistida onde um especialista ZANINI analisa e correlaciona as variáveis através de ferramentas de machine−learning desenvolvidas pela inovação ZANINI e ferramentas gráficas de modo a validar o pré−diagnóstico de falha.

O especialista ZANINI enviará boletins técnicos para área de manutenção do cliente caso exista alguma previsão de falha e avisará o FIELD SERVICE ZANINI.

Variáveis monitoradas

  • Deslocamento
  • Nível Óleo
  • Pressão diferencial
  • Pressão Lubrificante
  • Pressão Lubrificante
  • Rotação
  • Sujidade do óleo
  • Temperatura lubrificante
  • Temperatura rolamentos
  • Torque
  • Umidade do óleo
  • Vazão do lubrificante
  • Vibração.

Esta matéria faz parte da edição de outubro do JornalCana. Para ler,  clique AQUI!

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram