fbpx

Pedra processa 26 mil toneladas de cana com 420 quilos de vapor por tonelada

Resultado reflete investimentos da empresa

Ganzerli, gerente de engenharia da Pedra, em sua apresentação no SBA (Foto: JornalCana)

A Pedra Agroindustrial avança em projeto de produzir etanol apenas com o mel em sua unidade em Serrana (SP).

Para isso, a empresa faz uma série de investimentos e readequações na planta.

Hoje, por exemplo, a empresa consegue em média processar 26 mil toneladas de cana por dia, com médios 420 quilos de vapor por tonelada (kgv/t).

Esse desempenho direciona o caldo para fazer etanol.

“O mercado pede biocombustível”, afirma Luís Daniel Ganzerli, gerente de Engenharia da Pedra.

 

Leia também:

Presidente executivo da boliviana Unagro, Luis Fernando Barbery Paz é eleito Sugar Man of the Year em premiação internacional

 

Média de 420 kgv/t

Com 88 anos, a unidade Pedra, em Serrana (SP), conforme Ganzerli, pretende obter consumo de vapor de 400 kgv/t em 2020.

Atualmente, a média é de 420 kgv/t.

Ganzerli apresentou as informações em palestra na manhã desta quinta-feira (24/10), em Ribeirão Preto (SP)

Foi durante o 20º Seminário Brasileiro Agroindustrial (SBA).

O SBA é promovido pela Sociedade dos Técnicos Açucareiros e Alcooleiros do Brasil (STAB) Regional Sul, com apoio de divulgação do JornalCana.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X