fbpx
JornalCana

Pedido de recuperação judicial do Grupo USJ é aceito pela Justiça

Decisão envolve também participação na SJC Bioenergia

A Justiça homologou o pedido de recuperação judicial do Grupo USJ. O plano havia sido apresentado em agosto do ano passado, quando o endividamento da usina já superava a casa dos R$ 2 bilhões.

Com sede em Araras – SP, o Grupo é composto pela Usina São João; duas sociedades agrícolas, a Agro Pecuária Campo Alto S.A. e a Companhia Agrícola São Jerônimo e uma sociedade detentora de créditos judiciais e garantidora de diversas operações financeiras das demais empresas, a Agro Pecuária Nova Louzã S.A., além de 50% na SJC Bioenergia Ltda, holding criada com a Cargill Holding Participações Ltda.

Como justificativa ao pedido de recuperação judicial, a usina alegou a crise enfrentada pelo setor, nos últimos anos, e os vultosos investimentos para ampliação de suas atividades, como a construção das Usinas São Francisco e Rio Dourado, em Goiás, que exigiu aporte de capital, mesmo após parceria com a Cargill.

Na ocasião do pedido, a Justiça determinou que a administradora judicial Laspro Consultores fizesse uma avaliação das condições de funcionamento das empresas requerentes e a regularidade de documentos apresentados.

LEIA MAIS > Tereza Cristina é homenageada por suas realizações à frente do Mapa

Nos sete meses seguintes, o Grupo submeteu seu plano e obteve a adesão da maioria dos credores. Assim, dispensou a realização de uma assembleia geral e conseguiu a aprovação do plano de recuperação judicial na 2ª Vara Cível de Araras -SP.

Pelo plano, os 1,5 mil trabalhadores, que têm juntos créditos de R$ 4,7 milhões, serão pagos em até 12 meses, no limite de 150 salários-mínimos cada um.

Microempresas e empresas de pequeno porte (EPP) também serão pagas de forma parcelada. Já os grandes credores com garantia real poderão optar pelo recebimento de cotas de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) que será criada para receber participação em fazendas e sociedades do grupo.

O JornalCana entrou em contato com a USJ, mas a companhia não quis se manifestar a respeito.

 

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram