fbpx
JornalCana

Parceria entre Tereos, Embratel, Claro e Sol amplia cobertura 4G em áreas agrícolas para impulsionar a transformação digital no campo

Projeto vai ampliar sinal nas áreas de canaviais da Tereos, possibilitando o avanço tecnológico no agro

(Fotos: Diego Padgurschi / Divulgação)

A Tereos acaba de firmar um importante acordo com a Embratel, a Claro e a Sol Internet of  People para ampliar a cobertura 4G em suas áreas de canavial.

Por meio da solução Campo Conectado, diversas antenas serão instaladas em áreas produtivas estratégicas da empresa e seus parceiros, localizadas no interior de São Paulo, ampliado de forma significativa a cobertura de celular nas operações.

Atualmente, a Tereos conta com uma área de produção de cana de cerca de 300 mil hectares, entre áreas próprias e de parceiros.

LEIA MAIS > Tecnologia brasileira de otimização em tempo real avança nas usinas

O projeto, que irá beneficiar todas as áreas produtivas e unidades industriais da companhia, visa solucionar desafios de avanços tecnológicos no campo por conta da falta de conectividade em alguns pontos. A iniciativa irá ampliar a comunicação, diminuir interferências no monitoramento no campo, melhorar o uso de aplicativos online para apontamentos e em tecnologias de piloto automático.

A implementação do projeto, que deve estar concluída no prazo de um ano, contará com o apoio da Sol, um ecossistema inovador de soluções tecnológicas, inteligência de dados, internet das coisas e conectividade rural.

“Com a solução, conseguiremos potencializar os benefícios dos investimentos que fizemos em transformação digital da agricultura, além de criar novas oportunidades de incorporar ainda mais inovação digital em nossas operações, facilitando também a comunicação no dia-a-dia de nossos colaboradores e de nossos parceiros agrícolas”, comenta Carlos Simões, Diretor Agrícola e de Planejamento da Tereos.

LEIA MAIS > Novas políticas públicas para eficiência energética industrial podem gerar economia de R$ 10 bi e a redução de cerca de 4,5 MtCO₂e até 2050

(Fotos: Diego Padgurschi / Divulgação)

Para o projeto, a Embratel fornece sua solução Campo Conectado, que leva conectividade da Claro às fazendas da Tereos e possibilita a implementação de processos cada vez mais modernos e ágeis, garantindo maior qualidade, produtividade e segurança no agronegócio. Além disso, com a solução, a Tereos conta com um Centro de Gestão de Rede exclusivo da Embratel para o agronegócio para a gestão da qualidade do sinal disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.

“A Embratel está sempre buscando levar o agronegócio ao próximo nível de digitalização, tornando as operações mais inteligentes, eficientes e sustentáveis, acelerando o desenvolvimento do país”, afirma Adriano Rosa, Diretor-Executivo da Embratel. De acordo com o executivo, a iniciativa com a Tereos proporcionará um avanço que ampliará a produtividade da empresa.

“Com o Campo Conectado, será possível integrar os mais diversos maquinários com tecnologias emergentes, como Inteligência Artificial, Internet das Coisas, Análise de Dados e Computação em Nuvem. Assim, conseguimos levar mais inovação com uma comunicação de ponta”, diz.

LEIA MAIS > Açúcar: longa duração da seca pode levantar preocupação sobre safra 2024/25

Na avaliação de Rodrigo Oliveira, CEO da Sol, projetos como este são fundamentais para que a agricultura brasileira consiga dar um grande salto de produtividade. “Sem a conectividade, as altas tecnologias já disponíveis no campo não se integram nem atingem seu potencial. Portanto, ao superarmos este desafio, levamos ao campo o que há de mais moderno e os clientes avançam em seus objetivos de desenvolvimento socioeconômico e sustentável”, explica.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram