JornalCana

Paraguai e Belize reforçam painel do açúcar

Dois novos países oficializaram ontem, dia 8 de setembro, o pedido para entrar como terceiras partes envolvidas no painel do açúcar aberto pelo Brasil, Austrália e Tailândia, na Organização Mundial do Comércio (OMC), contra a política de subsídios da União Européia. Paraguai e Belize somam-se aos outros nove países interessados no caso.

O atual passo é a escolha dos “panelistas” – responsáveis pelo acompanhamento do processo na OMC. Os nomes deverão ser um consenso entre as partes envolvidas no processo e a primeira lista sai nos próximos dias. Se não houver acordo, a própria direção da OMC poderá apontar os nomes.

Os três países contestam as exportações subsidiadas de cerca de 1,6 milhão de toneladas de açúcar pelos europeus. Esse produto é importado dos países ACP (África, Caribe e Pacífico). Outro ponto refere-se aos embarques de açúcar da chamada Cota C (produção excedente dos volumes destinados aos mercados europeus e externo), que recebem subsídios indiretos na industrialização.

Além do Paraguai e Belize, entraram como terceiras partes países do Caribe, como Barbados, Trinidad Tobago e Jamaica, e da África, como Ilhas Maurício, além do Canadá, China, Colômbia, Nova Zelândia e Estados Unidos.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram