fbpx

Para aumentar produtividade é preciso aumentar população de colmos, diz pesquisador

Marcos Landell, do IAC

Durante o Fórum Usinas de Alta Performance – Agrícola, realizado pela ProCana Sinatub como parte da grade de eventos conteúdo da Fenasucro 2017, em Sertãozinho, em 23 de agosto, o pesquisador científico do Programa Cana IAC (Instituto Agronômico de Campinas), Marcos Landell, disse que o empresário do setor sucroenergético tem que buscar a produtividade dos três dígitos e, para isso, não pode se esquecer da baixa população de colmos de cana.

Leia mais: Usina de Goiás fecha 6ª safra com produtividade acima de 100 TCH

Landell acredita que é preciso aumentar essa população e ter como meta o plantio com falha zero. “No momento do plantio tem que ter sucesso, não plantar com falhas”, disse ele. “Existem variedades para isso, não é só a operação: uma variedade pode ter zero, outra 20% de falha”, afirmou o pesquisador.

Leia mais: Biosev diz que está mudando mix de produção para favorecer etanol. O que isso significa para o setor?

Por isso, ele destaca que novas variedades de cana, mais produtivas, devem ser consideradas. “O melhoramento genético está andando, não se pode se apaixonar por variedade, nem os melhoristas, como eu, nem os empresários”, comentou Landell. Ele exemplificou, por exemplo, que sete variedades antigas produziriam uma média de 94,4 TCH, enquanto oito novas produziriam 109,8 TCH.

Inovações tecnológicas podem mesmo otimizar processos? Saiba mais

A ProCana Sinatub realizará no dia 20 de setembro em Sertãozinho o 5º Curso de Processos, Fermentação e Produção de Etanol.

O Curso tem como objetivo apresentar casos e informações relevantes sobre o avanços técnicos e inovações tecnológicas nas áreas de processos, tratamento de caldo, filtragem, fermentação, destilação e tratamento de vinhaça, visando o máximo aproveitamento da matéria-prima e de energia, redução de custos, melhorias na qualidade e otimização da produção de açúcar e etanol, apresentadas e discutidas por gestores de usinas e especialistas da área.

Para mais informações, clique aqui.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X