fbpx

País ganha 21 térmicas a biomassa em 2019

São 295 empreendimentos, ante 274 em 2018

O Brasil ganhou 21 usinas térmicas (termelétricas) a biomassa em 2019.
Em dezembro, o número desses empreendimentos somou 295, contra 274 no mesmo mês de 2018.
Diante a alta de instalações, a geração de eletricidade também cresceu.
Ao longo de 2019, as térmicas a biomassa produziram 3% mais energia elétrica ante 2018.
Ao longo do ano, essas térmicas geraram 3.108,6 megawatts (MW).
Em 2018, a produção ficou em 3.007,1 MW.
Segundo a instituição, o crescimento decorre principalmente da ampliação do número de empreendimentos dedicados à produção de energia a partir de biomassa.

Leia também:

Vem aí o RenovaBio dos geradores de eletricidade por fontes alternativas

 

Térmicas a biomassa: capacidade instalada 2% maior

Conforme a CCEE, a capacidade instalada também apresentou crescimento em 2019.

Foram aferidos 13,09 gigawatts (GW) em dezembro, 2% maior que os 12,82 GW do mesmo mês no ano anterior.

Vai e vem da geração de eletricidade de biomassa

Fonte: CCEE

Estados líderes em produção

O estado de São Paulo lidera em produção de energia elétrica por biomassa no país.
Segundo a CCEE, o estado possui 41% da capacidade instalada das usinas a biomassa do país.
Em 2019, a produção cresceu 5%, alcançando 1.391 MW médios.
Mato Grosso do Sul, com 514,9 MW médios, e Minas Gerais, com 390,4 MW médios, completam a lista dos maiores geradores a biomassa em 2019.

 

Fonte: CCEE 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X