País árabe ganhará sua primeira refinaria

dtl_14_4_2013_17_55_43

O Sultanato de Omã ou simplesmente Omã, país que faz fronteira com a Arábia Saudita, ganhará sua primeira refinaria de açúcar, com construção prevista ainda para este ano, de acordo com o jornal “Times of Oman”.

A OSRC- Oman Sugar Refinery Company, como será conhecida, terá capacidade de refinar cerca de 700 mil toneladas na primeira fase das obras, e posteriormente atingirá um milhão de toneladas, num projeto com custo estimado em duzentos milhões de dólares.

A construção está prevista para durar 18 meses no total e pretende utilizar uma tecnologia conhecida como “state-of-the-art”, para a produção de açúcar refinado de alta qualidade. De acordo com relatórios anteriores, a OSRC fez parceria com a inglesa Tate e Lyle, para implementar sua tecnologia de processamento, enquanto sua consultoria para gerenciamento de projeto é da Bosch Projects da África do Sul. A empresa também fez parceria com o porto de Sohar, no ano passado.

O país árabe, atualmente, importa todo o seu açúcar, e este projeto está sendo considerado uma bênção para o país, de acordo com a imprensa local.

A demanda de Omã fica em torno de 120 mil toneladas de açúcar refinado por ano.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X