fbpx

Obras de usina de etanol em Roraima devem começar dia 15

Empreendimento é da Millenium Bioenergia

Lançamento da pedra fundamental da nova unidade da Millenium no sábado (08/12) em Bonfim, em Roraima (Foto: Divulgação)

As obras da usina de etanol da Millenium Bioenergia em Bonfim, município de Roraima, estão previstas para começar em 15/12.

A informação é do jornal Folha de Boa Vista.

Segundo a publicação, no sábado (08/12) ocorreu o lançamento da pedra fundamental da obra de construção da usina.

A solenidade aconteceu na sede da Fazenda Nova Esperança.

 

 

Leia também:

“Um controle mais que avançado” é destaque em conferência na Colômbia

 

Milho será a matéria-prima

O CEO da Millenium, Eduardo Lima, ressaltou a importância do empreendimento para Roraima e para a Millennium.

“Para nós, esse momento está sendo muito importante. Estamos todos, da Millenium, agradecidos pela acolhida do poder público e da população. Isso aqui já é uma realidade”, disse, conforme a Folha de Boa Vista.

“A partir do dia 15, daremos início às obras. Vamos fazer as perfurações, a sondagem de solo, terraplanagem e começar. Então, ao povo roraimense, posso garantir que isso já é uma realidade.”

O governador Antonio Denarium (PSL) destacou os esforços que o Governo de Roraima têm feito em todos os setores para diminuir a burocracia e facilitar o empreendedorismo no Estado.

“Recebemos com muita satisfação e muita grandeza esse projeto, que tem total apoio do Governo de Roraima, que começa com os licenciamentos ambientais. É um empreendimento que vai mudar o Estado, com a geração de milhares de empregos”, disse.

80 mil hectares plantados

Para o prefeito de Bonfim, Joner Chagas, o lançamento é um dia histórico e vai garantir o desenvolvimento do município com a geração de emprego e renda.

“Quero dizer para a população, que estava na expectativa e não acreditava. Agora, de fato, a empresa Millennium está no nosso município, no nosso Estado”, disse.

“Acredito que, a partir de agora, as pessoas produzirão mais ainda, porque a matéria-prima é o milho e eles precisam comprar, no mínimo, 80 mil hectares plantados. Então, pode ter certeza, vai alavancar a agricultura e desenvolver o município de Bonfim“, afirmou.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X