fbpx
JornalCana

O que fazer para inserir os princípios do conceito ESG no dia a dia da empresa?

Confira todo o conteúdo do JornalCana de Junho de 2022

Diante da demanda cada vez maior do mercado por produtos de base sustentável, as companhias do setor bioenergético precisam, cada vez mais, ter posturas corporativas que sejam socialmente responsáveis, ambientalmente sustentáveis e corretas do ponto de vista de governança, conforme estabelece o conceito ESG, a sigla que virou sinônimo de sustentabilidade e vem sendo cada vez mais exigida.

O que fazer para inserir esses princípios no dia a dia da empresa vem sendo pauta de muitas reuniões e também tema de uma série de webinários do JornalCana, com a participação de lideranças e especialistas do setor, que pontuaram, dentre outros fatores, como a transformação digital pode ajudar neste processo, pois possibilita ganho de eficiência e cumprimento das metas de sustentabilidade, colaborando, assim, para a implantação do ESG nas usinas. O assunto é o tema da matéria de capa desta edição.

O jornal de junho traz também informações sobre as principais transações feitas recentemente, como a compra da usina mineira Santa Vitória pela Jalles Machado, que possibilitará à usina goiana ter capacidade para processar 8,5 milhões de toneladas de cana por safra. Outra transação que chamou atenção do mercado foi o contrato de aquisição da Vale do Paraná S.A. Álcool e Açúcar, localizada em Suzanápolis-SP, feito pela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP).

LEIA MAIS > Brasil pode responder por até 20% do mercado mundial de carbono

Além disso, destaca que as usinas do Grupo Virgolino de Oliveira, que está em recuperação judicial e tem dívidas que chegam à casa de R$3 bilhões, serão vendidas como UPIs e a companhia, que não vai moer nesta safra, dispensou a maioria dos funcionários. Veremos ainda que a Tereos paralisou as atividades da unidade Severínia, localizada no noroeste do estado de São Paulo, e a maior parte dos funcionários de Severínia já foi realocada em outras unidades industriais da companhia.

O leitor encontra também uma entrevista exclusiva com engenheiro eletricista Wanderlei Marinho, membro da Sociedade de Engenheiros Automotivos (SAE Brasil), que ressalta que o etanol tem papel fundamental diante a transição energética e como redutor de emissões de CO2, “mas é preciso aproveitar estas estratégias e exportar a tecnologia brasileira do biocombustível”, afirma.

A edição de junho destaca os principais investimentos das empresas no segmento, como instalações de novas plantas de etanol de milho, etanol 2G e novas parcerias envolvendo biogás. E mostra ainda que o CEO da ProCana Brasil, Josias Messias, continua a todo vapor com o Road Show Usina 4.0, promovendo a Transformação Digital e tecnologias 4.0 para otimização dos resultados nas usinas. Destaca também as 21 novas variedades de cana lançadas pela RIDESA e traz informações sobre as principais feiras do agro e do setor bioenergético, como a Agrishow e a Fenasucro.

É muito conteúdo interessante.

Boa leitura!

Para ler o jornal completo, clique AQUI!

.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram