fbpx
JornalCana

O importante é ter, e fazer, dinheiro!

Os balanços das usinas referente ao ano safra 2014/15 publicados na 42ª edição Melhores & Maiores da revista Exame, revelam que a crise financeira que atinge o setor sucroenergético não escolhe tamanho nem região produtora.

58% das usinas citadas na publicação apresentaram lucro líquido no exercício, em sua maioria apenas lucro residual, 31,5% apresentaram prejuízo e 9,5% não informaram os dados.

Os números confirmam nosso entendimento de que a produção sucroenergética é uma atividade essencialmente financeira. O empresário que não entende isso sofre as consequências.

As usinas e grupos produtores que apresentam melhor desempenho econômico são aquelas que adotaram como estratégia dispor de capital, ou acesso a ele, o suficiente para suportar os longos ciclos produtivos e mercadológicos do segmento.

Foi o caso da muitas vezes criticada Odebrecht Agroindustrial, que teve “funding” para suportar safras seguidas com problemas operacionais, mas que, aproveitando especialmente a capacidade de exportação de bioeletricidade, emplacou 4 de suas coligadas entre as dez empresas sucroenergéticas nos cinquenta Maiores Lucros do Agronegócio.

Exemplo ao inverso são alguns dos grupos que adotaram a estratégia de imobilizar grandes recursos em expansão e aquisição de terras, sem avaliar corretamente se aquelas terras ou ativos remunerariam o capital investido diante de todos os riscos comuns à atividade.

Uma segunda análise que os números nos permitem fazer é que não adianta dispor de capital, ou ter acesso facilitado a ele, se não se adotar uma gestão avançada que priorize o desenvolvimento das pessoas, o estabelecimento de procedimentos e tecnologias que agregam valor às atividades e uso de sistemas inteligentes e integrados com foco em redução de custos e aumento de produtividade.

Como diz o provérbio “quem não tem competência, não se estabelece”. Num setor altamente complexo e mundialmente competitivo como o sucroenergético, o que importa é ter, e fazer, dinheiro!

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram